Egito leoa0

No Egito, mulher é atacada por leoa em apresentação e sobrevive; vídeo

Egito leoa1A domadora de leões, Faten El-Helw, foi surpreendida por um dos animais integrantes da sua apresentação no circo Tanta, no Egito. O ataque ocorreu durante ‘performance’, na última quinta-feira, 5. A família da mulher veio de uma linhagem de domadores, que retirou a vida de alguns membros, incluindo seu pai, na década de 80, que foi morto após tentar separar o acasalamento de dois leões durante a apresentação, e seu marido, Ibrahim, que faleceu uma década atrás quando treinava uma leoa para realizar o mesmo truque que a esposa.

A mulher entrou no local da apresentação, acenando para o público, dançando e se apresentando, até que inesperadamente, a leoa Mandy a atacou. O público em pânico com a cena começou a gritar. Algumas pessoas conseguiram registrar o momento e postaram na internet.

Faten foi levada as pressas para o hospital da região e sobreviveu ao ataque. Ela sofreu fratura na pélvis, que não é considerado um ferimento grave para os médicos.

Fonte: GCN 

Nota do Olhar Animal: Animais usados por circos comumente são torturados nos processos de adestramento. E, mesmo quando não sofrem este tipo de maus-tratos, vivem confinados em pequenos espaços, infinitamente menores em relação àquele que teria à disposição em seu habitat. São submetidos também às luzes fortes, ao barulho intenso, a outras agressões. Enfrentam longas e desgastantes viagens. embarcados em pequenas jaulas. São violentados de diversas maneiras. Claro que, em algum momento, podem expressar sua insatisfação com tudo isso. Os ataques são relativamente frequentes. Em 2014, ocorreu um no Peru, também registrado em vídeo, contra uma professora chamada pelo domador para participar de um dos ‘truques’. Em 2013, outro caso, no México, que resultou na morte da domadora. Só para citar alguns.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.