No Paraná, homem é denunciado por agredir repetidamente cachorro com tapas e golpes de cano

No Paraná, homem é denunciado por agredir repetidamente cachorro com tapas e golpes de cano
Imagens meramente ilustrativas. Foto: Franklin de Freitas/ Arquivo Bem Paraná

O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente da capital, ofereceu duas denúncias – já recebidas pela Justiça – contra réus que praticaram maus-tratos a animais.

No bairro Campo de Santana, um homem de 66 anos mantinha um casal de cães preso sem cuidados básicos de saúde, vivendo em local insalubre, com água suja em baldes, comida estragada no chão e em recipientes sujos, mato alto e fezes por toda parte. O macho foi resgatado com diversos problemas de saúde, desidratado e com uma lesão que provocou a perda da orelha esquerda.

A outra denúncia aponta que um homem de 36 anos vinha agredindo repetidamente, durante pelo menos duas semanas, um cão preso em sua residência, no bairro Jardim Social, “desferindo-lhe fortes tapas e golpes de cano de material PVC, sem qualquer justificativa ou possibilidade de defesa por parte do animal, uma vez que este encontrava-se encurralado no interior da sua casinha”.

Ambos foram denunciados com base na Lei de Crimes Ambientais, com previsão de pena de até cinco anos de reclusão, multa e proibição de guarda em caso de condenação.

Fonte: Bem Paraná

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.