Norte-americano enterra cão com vida por não se dar bem com o seu gato

Norte-americano enterra cão com vida por não se dar bem com o seu gato

Um homem norte-americano está acusado de ter enterrado o cão ainda vivo num buraco no quintal, em Northbridge, no Massachussets (EUA), por estar farto das lutas constantes entre Chico, um Shih Tzu de 18 anos, e o seu novo gatinho bebé.

As autoridades detiveram o homem de 24 anos, revelando ainda nunca terem visto este nível de crueldade contra um animal antes. “Em 41 anos aqui, nunca vi nada como isto. Já vimos outros animais enterrados, agora com vida é ultrapassar o limite”, disse o chefe da polícia local, Walter Warchol, citado pelo Metro.

Richard Piquard foi detido no domingo passado e acusado de um crime de crueldade contra os animais.

O cão pertencia à sua antiga namorada, que fez a trágica descoberta, depois de ter recebido uma mensagem de Richard domingo à noite a dizer que Chico tinha “morrido” na noite anterior. Mais tarde nesse dia encontrou o cão enterrado ainda com vida debaixo de uma pedra.

Chico ainda foi levado para o veterinário, mas a extensão dos ferimentos não permitiu salvá-lo, tendo sido abatido. O homem alega que quando enterrou o cão achou que este já estava morto.

Richard foi presente a tribunal na terça-feira e libertado sob uma fiança de 863 euros. Será presente a um juiz novamente a 26 de outubro.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.