Nova Mutum (MT) vai 'chipar' cães e gatos

Nova Mutum (MT) vai ‘chipar’ cães e gatos

A Secretaria de Saúde iniciará, no próximo dia 30 no PSF Beija-flor o projeto de chipagem de cães e gatos de Nova Mutum. O registro através do chip tem por objetivo identificar todos os dados de cães e gatos como; proprietário, histórico, situação vacinal dentre outras informações.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Jeruza Vidrik pede que os proprietários de cães e gatos façam adesão a campanha. Ela explica que a chipagem é um procedimento simples. “A Secretaria de Saúde adquiriu 15 mil microchips, o processo da chipagem é considerado simples e feito por uma equipe de profissionais preparados, ele é implantado na região subcutânea dos animais com uma numeração de identificação”, detalha.

A proposta da Secretaria de Saúde é realizar a mobilização a cada 15 dias em locais estratégicos da cidade. “Decidimos iniciar pelo PSF Beija-flor por estar localizado em um ponto estratégico da cidade, ali existe uma grande concentração de animais e dessa forma a cada quinzena estaremos em um local diferente, fazendo a cobertura de 100% da cidade”, explica Jeruza.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Jeruza Vidrik pede que os proprietários de cães e gatos façam adesão a campanha. Ela explica que a chipagem é um procedimento simples. “A Secretaria de Saúde adquiriu 15 mil microchips, o processo da chipagem é considerado simples e feito por uma equipe de profissionais preparados, ele é implantado na região subcutânea dos animais com uma numeração de identificação”, detalha.

A proposta da Secretaria de Saúde é realizar a mobilização a cada 15 dias em locais estratégicos da cidade. “Decidimos iniciar pelo PSF Beija-flor por estar localizado em um ponto estratégico da cidade, ali existe uma grande concentração de animais e dessa forma a cada quinzena estaremos em um local diferente, fazendo a cobertura de 100% da cidade”, explica Jeruza.

Segundo a Secretaria a ação será realizada duas vezes ao mês.

Fonte: Cenário MT

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.