Nova York proíbe tatuagens em cães e gatos

O estado de Nova York aprovou uma lei que proíbe e torna ilegal a realização de tatuagens e colocação de piercings em animais.

O projeto de lei foi apresentado pela deputada democrática Linda Rosenthal após a moda de “gatos góticos”, gatos punk com piercing, correntes e tatuagens.

Agora só falta a aprovação do governador Andrew Cuomo, que já prometeu que assinará o documento. Como foi explicado pela deputada, a norma pretende proteger os animais de “caprichos egoístas” de seus tutores. “Fazer uma tatuagem e um piercing em animais de companhia não há outra razão senão aquela de satisfazer as preferências estéticas de seus tutores e causa dores inúteis em cães e gatos”, explicou Rosentahl.

Fonte: UOL / ANSA

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.