Número de maus-tratos a animais sobe em 199% no Amazonas, informa a Secretaria de Segurança

Número de maus-tratos a animais sobe em 199% no Amazonas, informa a Secretaria de Segurança
Foto: Reprodução

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) divulgou o número de maus-tratos a animais, que triplicou no Amazonas no primeiro semestre de 2022 em relação ao ano anterior. De janeiro a junho, as denúncias subiram em 199%, conforme a pesquisa.

A titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema) de Manaus, a delegada Reika da Costa, diz que autores desse tipo de crime podem chegar até cinco anos de reclusão caso sejam condenados e, se forem tutores da vítima, perdem a guarda.

“A pena pode aumentar em casos de maus-tratos a animais domésticos, como, casos de abandono, vizinhos que jogam água quente em cães ou gatos, envenenamento, atropelamento sem prestar socorro, agressão e qualquer ato que cause dor e sofrimento ao animal. Esse crime pode ter pena de dois a cinco anos de reclusão, além de multa e proibição da guarda”, relatou Costa.

No total, 311 casos foram notificados à polícia. Os números se referem aos registros de Boletim de Ocorrência nas delegacias de Polícia Civil. Em 2021, foram 296 casos notificados.

Problemas frequentes

Crimes como abandono de animais, envenenamento e violência contra bichos são comuns no estado, e muitas vezes, resultados de conflitos de convivência com vizinhos.

Existes situações em que criminosos acabam ferindo ou assassinando o animal do vizinho, motivado por desavenças pessoais.

Por isso, o Governo do Amazonas reforça o alerta sobre os canais de denúncia contra o crime no estado, afim de reduzir o número de crimes de maus-tratos a animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Denúncia

Aqueles que desejarem informar a polícia sobre algum suspeito, podem fazer a denúncia anônima pelos números:

  • 181, da SSP-AM, que funciona 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana e feriados;
  • 190, nos casos de socorro emergencial; ou
  • (92) 3239-3870/ 9962-2340, que é o contato da Dema

De acordo com a titular da Dema, é válido que testemunhas desses crimes registrem boletim de ocorrência na delegacia mais próxima, se possível reunindo alguns elementos que comprovem o crime.

A Dema fica na rua Paul Adam, conjunto Shangrilá, bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul de Manaus.

É possível denunciar ou registrar ocorrência pela internet, no site da Delegacia Virtual, no link: https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br.

Fonte: Dia a Dia Notícia