EUA Alabama aconteceu chimpanze H

O que aconteceu com o chimpanzé de “Buddy”? A resposta é devastadora!

Por Lauren Kearney / Tradução de Alda Lima

EUA Alabama aconteceu chimpanze

Durante os últimos 16 anos, Joe, o chimpanzé, tem vivido no The Mobile Zoo, uma decadente atração de estrada em Wilmer, Alabama. Ele vive em um recinto deserto, sozinho, com apenas os rostos dos visitantes boquiabertos como companhia. Ele não vê outro chimpanzé desde que era bebê.

Provavelmente roubado de sua mãe quando criança, Joe passou seus primeiros anos na indústria do entretenimento, sendo forçado a realizar truques bobos para a câmera. Ele também é o chimpanzé que estrelou o filme “Buddy, de 1997. Quando tinha 10 anos, seu treinador o abandonou no jardim zoológico de Mobile, onde vive desde então, em isolamento quase completo.

Joe não escolheu nada disso. Ele não escolheu ser arrancado de sua mãe ao nascer, e ele não optou por estar na indústria do entretenimento ou na indústria do turismo. Infelizmente, lhe foi negado de tudo o que ele sempre quis — amor, amizade e liberdade.

Chimpanzés na natureza

Os chimpanzés são animais altamente sociais. Em estado selvagem, eles vivem em grandes grupos e passam horas se cuidando e brincando uns com os outros. Sem um ambiente social forte, chimpanzés sofrem de solidão, tédio, e, muitas vezes, depressão. Assim como os humanos, quando as suas necessidades fundamentais são roubadas, os chimpanzés podem agir de uma forma que está longe de ser normal. Por exemplo, Joe recentemente atacou em resposta aos visitantes que jogavam amendoins nele.

No entanto, isso não é tudo. Um inspetor que efetuou um inquérito no zoológico diz que Joe mostrou sinais de estresse psicológico ao bater, cuspir, pular e jogar sujeira.

Está claro que as necessidades básicas de Joe não estão sendo atendidas. Em vez de desfrutar da companhia de outros chimpanzés, desenvolvendo-se em acres de espaço aberto e buscando alimento, Joe passa seus dias sozinho em uma jaula sem grama e só sujeira, tudo em nome do “entretenimento” para os turistas.

Este zoo poderia ser fechado em breve?

Depois de não conseguir prestar assistência adequada e enriquecimento ambiental para as necessidades físicas, sociais e psicológicas de Joe, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) agora está processando o zoológico. O zoo acumulou violações intermináveis ​​do Animal Welfare Act (Ato pelo Bem Estar Animal) ao longo dos anos, incluindo negar cuidados veterinários suficientes aos animais, manter animais em condições terríveis e perigosas, e não prestar cuidados sociais adequados à Joe e outros primatas.

A ação pode resultar na perder da licença do Zoo para exibir animais. Vamos ser honestos, eles estavam pedindo por isto há um bom tempo e merecem ser fechados definitivamente.

Em defesa das reivindicações, o jardim zoológico diz que está trabalhando em obter os fundos para melhorar o recinto de Joe. Eles postam regularmente no Facebook, pedindo doações e patrocinadores para Joe. No entanto, durante os últimos 16 anos, nada parece melhorar para Joe. Ele ainda vive na miséria.

Ajude Joe assinando esta petição!

Joe merece viver seus dias em um santuário respeitável, onde terá uma abundância de espaço para explorar, muitas melhorias e, acima de tudo, companhia.

Se ele ficar no The Mobile Zoo por muito mais tempo, seu bem-estar mental vai ficar muito pior e, com o tempo será tarde demais para ajudá-lo. É assim que devíamos estar tratando uma espécie com a qual nós, seres humanos, compartilhamos cerca de 98 por cento do nosso DNA e ainda por cima uma espécie em extinção? Certamente não. É por isso que todos nós devemos agir agora e sermos a voz que Joe desesperadamente precisa.

Fiquem longe deste zoo e de outros zoológicos de beira de estrada, já que a maioria é tão ruim ou pior do que o jardim zoológico de Mobile.

Manifeste-se hoje mesmo e assine esta petição instando O The Mobile Zoo a libertar Joe para um santuário credenciado. Esta petição precisa do maior número de vozes possível, de modo que, em breve, Joe não precise suportar estranhos encarando e jogando amendoins na sua direção novamente.

Fonte: One Green Planet

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.