OAB/Arapiraca e Polícia Civil firmam parceira contra maus tratos a animais. Cortesia

OAB/Arapiraca e Polícia Civil de Alagoas firmam parceira contra maus-tratos a animais

A Polícia Civil passou a reforçar a atuação da Comissão de Bem-Estar Animal da OAB/Arapiraca no combate aos maus-tratos a animais. A Operação Baleia – nome da cadela que é um dos personagens do livro “Vidas Secas”, do escritor alagoano Graciliano Ramos – já atendeu dez denúncias nas últimas duas semanas. Nenhuma delas configurou crime contra os animais.

De acordo com a presidente e a vice-presidente da Comissão, Ana Luíza e Giovanna Vasco, todas as semanas chegam de três a cinco denúncias de negligência ou de crueldade contra animais.

“Antes, as denúncias eram apuradas apenas pelos membros da Comissão. Contudo, o delegado Everton Gonçalves, titular da Delegacia Regional de Arapiraca, pediu a competência para atuar nestes crimes e a portaria foi publicada”, afirmou Giovanna Vasco.

A advogada Ana Luíza explica que a operação é uma iniciativa pioneira no Agreste e não tem data para ser concluída. “A Comissão passa a ter a companhia do delegado e de agentes da Polícia Civil no atendimento das denúncias, garantindo que os crimes contra os animais não ficarão impunes”, disse.

A parceria entre as duas instituições também ampliou os canais para denunciar os maus tratos a animais. Além do e-mail ([email protected]) e do Instagram (@cebea.oab.arapiraca), os crimes contra animais podem ser denunciados também na própria Central de Polícia de Arapiraca ou por meio do Disque Denúncia – 181.

Fonte: 7 Segundos

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.