AL Maceio oab verifica maus-tratos gatos

OAB verifica denúncia de maus-tratos contra gatos em condomínio em Maceió, AL

Após receber denúncias de que gatos estariam sendo maltratados e até envenenados em um condomínio de luxo, na parte alta de Maceió, a Comissão de Bem Estar Animal da OAB Alagoas realizou na tarde desta terça-feira, 24, uma audiência com representantes do residencial.

O gerente do condomínio, Eudimar Magalhães Gomes Júnior, negou as denúncias. Ele contou que uma gaiola confeccionada para manutenção temporária dos animais que estivessem circulando soltos e sozinhos no local só foi usada em 2014, quando o problema praticamente acabou em relação a gatos de rua.

Ainda segundo ele, os animais pegos eram fotografados e enviados para a notificação dos moradores, como forma de cumprimento das regras estabelecidas.

“Ele negou qualquer ato criminoso e disse que tudo que aconteceu no condomínio havia sido estabelecido pelos moradores em assembleia e era de conhecimento de todos. No caso dos animais de rua capturados, eles eram levados para Paripueira para um lar de animais. Ele se prontificou a passar o endereço desse espaço e negou qualquer caso de envenenamento que teria sido cometido pelo condomínio”, contou Rosana Jambo, presidente da Comissão de Bem Estar Animal.

A Comissão elaborou um termo, assinado pelo representante do condomínio, onde foi esclarecida a legislação ambiental vigente e as punições em casos da comprovação do fato. “Foi dito a ele que caso seja comprovada a denúncia iríamos levar o encaminhamento de queixa-crime para a Polícia Civil e Ministério Público Estadual. Ele assinou um Termo de Ajustamento de Conduta se comprometendo em seguir a legislação que protege os animais. Vamos continuar vigilantes”, finalizou Rosana Jambo.

Fonte: Cada Minuto

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.