Golfinho abatido a tiro na Califórnia

Oferecida recompensa de 4,3 mil euros para descobrir quem matou golfinho a tiro nos EUA

Uma organização de proteção dos animais marinhos está a oferecer uma recompensa de 4300 euros para quem tiver informações sobre o assassinato de um golfinho no estado americano da Califórnia. O animal apareceu morto a tiro na praia de Manhattan Beach, na cidade de Los Angeles na passada quarta-feira.

Uma equipa da organização Resgate de Animais Marinhos encontrou o golfinho já sem vida na praia e levou-o para a necropsia. O veterinário, Lauren Palmer, descobriu então uma ferida de bala ao procurar a causa da morte, avança o canal NBC News.

UPDATES FROM THE FIELDThe first photo shows a sea lion rescued from Dockweiler State Beach.The next photo, while…

Publicado por Marine Animal Rescue em Sexta, 16 de novembro de 2018

“O assassinato do golfinho é apenas um ato cruel de brutalidade”, declarou o presidente da instituição, Peter Wallerstein, ao mesmo site. O homem ainda explica que não consegue sequer supor porque alguém terá atirado num golfinho, uma vez que esta é a primeira vez que vê um caso do género.

“Talvez os golfinhos tenham recuado do local onde ficam no oceano, nós realmente não sabemos”, concluiu Wallerstein.

A autoridade americana responsável por esse tipo de crime, o Serviço Nacional de Pesca Marinha, foi chamada para investigar o caso.

Fonte: CM Jornal / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.