Oito pessoas são detidas suspeitas de promover rinha de galo em RR

Oito pessoas são detidas suspeitas de promover rinha de galo em RR

Caso foi registrado na noite dessa sexta-feira (15), no bairro nova Cidade. Nome dos envolvidos não foi divulgado; Polícia Ambiental investiga o caso.

RR rinha 3

Após denúncia anônima de maus-tratos aos animais, a Companhia Independente de Policiamento Ambiental da Polícia Militar (Cipa) prendeu em flagrante oito pessoas em uma casa na rua Cuiabá, no Bairro Nova Cidade, zona Oeste de Boa Vista, onde possivelmente funcionava uma rinha de galo. De acordo com o comandante da Cipa, major Ademildo, o caso foi registrado por volta das 21h45 dessa sexta-feira (15).

Ele informou que a equipe recebeu a denúncia e após verificação no local constatou os maus tratos. “Nossa equipe encontrou os animais e materiais próprios para fazer a rinha de galo, como um ringue, o que se caracteriza crime ambiental. Sete pessoas e mais o proprietário do imóvel foram encontrados ingerindo bebida alcoólica. Eles foram presos em flagrante e encaminhados à delegacia”, relatou o comandante.

RR rinha 4

Segundo o major Ademildo, este é o segundo caso que envolve suspeitos da prática de rinha de galo em Boa Vista. Ele destacou ainda que a quantidade de galos e os nomes dos envolvidos não foram informados.

“Além dos animais e materiais encontrados, os envolvidos estavam com dinheiro, que possivelmente serviria para as apostas. Eles colocam os animais para brigar e quem ganhar, leva o banco de apostas”, detalhou. A prática de briga de galo é considerada crime de crueldade contra os animais.

Os oito suspeitos foram coduzidos ao 5º Distrito Policial, onde foram realizados os procedimentos cabíveis. O caso foi encaminhado para a Delegacia especializada do Meio Ambiente, para apurar com mais detalhes e posteriormente fornecer subsídios para o Ministério Público, para assim, oferecer ou não denúncia penal contra os suspeitos.

Fonte : G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.