Onça-parda atropelada em rodovia pode ficar paraplégica

Onça-parda atropelada em rodovia pode ficar paraplégica

Por Carla Guedes

A onça-parda macho, atropelada em uma rodovia no fim de semana, corre o risco de ficar paraplégica. O animal foi atingido por um carro na PR-542, entre Itaguajé e Colorado, e sofreu ferimentos na coluna. Resgatado, o felino foi transportado até uma clínica especializada em Maringá e será submetido a uma cirurgia na coluna às 18 horas desta segunda-feira (10).

O animal passou o fim de semana em observação na clínica, que não teve o nome ou o endereço divulgado pela Polícia Militar Ambiental. Segundo o capitão Luciano Buski, comandante da PM Ambiental de Maringá, o felino é sadio e pesa entre 50 e 60 quilos. “Está sendo feito de tudo para salvar a vida dele.” Após a cirurgia, o animal ficará em recuperação e sob a responsabilidade do Ibama, que definirá para onde será levado.

O capitão diz que a onça-parda, também conhecida como suçuarana, é um animal comum na região de Maringá e que a provável causa para o atropelamento tenha sido um incêndio ambiental, que está se tornando frequente nos últimos dias em razão da estiagem. “Com as queimadas, ele ficou um pouco desorientado e foi para a rodovia.”

Ele alerta que as pessoas que se depararem com esses animais evitem aproximação. “Ninguém deve mexer com eles porque são selvagens”.

PR onca atropelada

Fonte: O Diário

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.