Onça passa por vasectomia e inaugura centro cirúrgico construído com dinheiro de multa de crime ambiental

Onça passa por vasectomia e inaugura centro cirúrgico construído com dinheiro de multa de crime ambiental
Vasectomia de onça inaugura centro cirúrgico construído com dinheiro de multas de crimes ambientais em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Uma vasectomia em uma onça-parda inaugurou nesta sexta-feira (19) o centro cirúrgico do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Goiânia. A sala foi construída com dinheiro de uma multa de crime ambiental aplicada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

VÍDEO: Centro cirúrgico construído com dinheiro de multas de crimes ambientais é inaugurado

“Nós estamos no melhor Cetas do Brasil, [que agora] tem o próprio centro cirúrgico, o que é muito importante”, disse o presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho, à TV Anhanguera.

O primeiro paciente atendido foi o Pio, uma onça-parda macho resgatada ainda filhote em um canavial. Como quem o resgatou não encontrou a mãe dele, o animal foi levado para o Cetas, onde vive há seis anos. Ele vai morar com uma fêmea no Instituto Nex, em Corumbá de Goiás, e, por isso, precisou fazer a vasectomia.

“Como existem muitos animais dessa espécie em cativeiro, a gente não quer que ele se reproduza no cativeiro. Por isso, fizemos a cirurgia”, explicou o chefe de Cetas-GO, Léo Fernandes.

Como Pio foi resgatado filhote e viveu seis anos no Cetas, não é possível devolvê-lo à natureza.

“Como ele chegou bebê, ele precisou ser amamentando e criou um laço com o ser-humano. Isso dificulta que os animais dessa espécie sejam devolvidos para a natureza”, disse Léo Fernandes.

Por Augusto Sobrinho e Fábio Castro

Fonte: g1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.