ONG castra animais do cemitério em Sumaré, SP

ONG castra animais do cemitério em Sumaré, SP
Até agora foram castrados e doados dois cães, de acordo com a ONG (Foto: Matheus Reche /Todo DIA /Ao lado dos túmulos)

Animais de rua que vivem no Cemitério da Saudade, em Sumaré, estão sendo castrados pela ONG (Organização Não Governamental) Pata Verde. Até agora foram castrados e doados dois cães, mas a meta do grupo é castrar 17 animais – entre machos e fêmeas – e os gatos que circulam entre as sepulturas. O grupo tenta obter recursos para castrar outros animais comunitários que vivem na cidade.

Segundo a presidente da entidade, Elisandra Maluf, existem muitos animais nessa situação no cemitério, sendo que alguns deles são de grande porte. Os voluntários também estão preocupados com os gatos, que ainda não são muitos, mas a ninhada pode dobrar no prazo de dois meses, informou Elisandra.

“Estamos fazendo castração isolada somente no cemitério, onde estamos fazendo o mutirão e pedindo para que as pessoas nos ajudem apadrinhando. As pessoas podem ajudar a custear a castração, doando ração de boa qualidade, vacina e um lar provisório nesses sete dias em que têm que ficar de repouso”, pediu a presidente.

Depois desses animais que ficam no cemitério, a meta é castrar os outros cães e gatos comunitários que estão distribuídos em locais de grande movimento, como rodoviária, estabelecimentos comerciais na Avenida 7 de Setembro e na feira livre da Avenida Rebouças, aos sábados.

Elisandra também convocou a comunidade a fazer doações de roupas seminovas, ponta de estoque de loja, utensílios de cozinha, bolsas, livros, objetos de decoração e CDs para angariar fundos para manter os serviços. A equipe sempre realiza feira de doação de animais na Avenida Rebouças aos sábados de manhã.

 Objetivo é atender 17 cães, entre machos e fêmeas (Foto: Arquivo/Todo DIA/CASTRAÇÃO)
Objetivo é atender 17 cães, entre machos e fêmeas (Foto: Arquivo/Todo DIA/CASTRAÇÃO)

Por Claudete Campos

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.