ONG cria ação de resgate de animais e entrega nas casas de potenciais tutores em Fortaleza, CE

ONG cria ação de resgate de animais e entrega nas casas de potenciais tutores em Fortaleza, CE
Filhotes de cachorro para adoção (Foto: Divulgação / Instituto André Araújo)

Entre os mais vulneráveis às consequências da pandemia de novo coronavírus, estão aqueles que moram nas ruas. Além dos humanos, animais que sobrevivem sem um teto fixo também vivem um período ainda mais difícil. O Instituto André Araújo, organização não governamental que atua em causas ambientais, sociais e principalmente em defesa dos animais em Fortaleza, aponta que, com a pandemia, o número de animais abandonados teria aumentado bastante.

De acordo com André Araújo, presidente da ONG, o aparente motivo do maior número de abandonos vem por conta da pandemia. “O resgate de animais já é uma das nossas ações rotineiras desde que o Instituto iniciou as atividades, há mais de um ano, mas com a pandemia de coronavírus aumentou muito o número de abandonos” afirma. Ele conta que, antes, recebiam cerca de 250 denúncias. Agora, passaram a receber cerca de 500 e as demandas vêm de todas as áreas de Fortaleza. “Se engana quem acha que tem só na periferia.”

Como forma de amenizar o problema vivido por esses animais, o Instituto mantém uma equipe em carro apropriado para recolher os animais, podendo entregá-los a quem quiser adotá-los. “Pedimos às pessoas que colaborem, se possível adotando os animais, e denunciem para nós ou para a polícia se virem casos graves de maus tratos. Dentro das nossas possibilidades, faremos tudo para ajudar” afirma André. A ONG trabalha em parceria com Batalhão de Policiamento Ambiental (BPMA) em casos de maus-tratos.

O Instituto indica que um dos principais motivos desses abandonos podem ter sido causados pela crise financeira, pois muitas pessoas não querem ter gastos com ração e outros materiais necessários para os animais. Então, as pessoas, que antes abandonavam os animais em abrigos, passam a deixá-los nas ruas. “É bom conscientizar que essas pessoas não devem fazer isso. Os animais são parte da nossa família. Quando acolhemos algum deles, eles criam laços conosco familiares. É muito difícil e triste ver essa situação” conta protetor de animais.

Serviço

Denúncias de abandonos e adoção em casa de animais – Instituto André Araújo
Telefone: (85) 98212.6515

Por Luana Façanha

Fonte: O Povo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.