ONG de Balneário Camboriú (SC) precisa de ajuda para construir área de tratamento para cães

ONG de Balneário Camboriú (SC) precisa de ajuda para construir área de tratamento para cães
ONG faz vaquinha para custear nova área de tratamento – Foto: ONG Viva Bicho/Divulgação

Uma ONG (Organização não governamental) de proteção aos animais de Balneário Camboriú está organizando uma vaquinha online para custear a construção de uma área isolada para tratamento de animais com cinomose, doença altamente contagiosa e que acomete somente cães.

A ONG Viva Bicho possui um convênio com a prefeitura de Balneário Camboriú. Porém, segundo a voluntária Patrícia Ferreira, que integra a diretoria da Viva Bicho, o valor para reformas e ampliações precisa vir de doações.

“Estamos sempre empenhados em realizar melhorias na estrutura física para melhor acolher nossos animais resgatados. Dessa vez, precisamos construir uma área para tratamento dos animais com cinomose. A que temos hoje está em situação precária e com as paredes caindo”, conta.

A criação de uma área de tratamento da doença infectocontagiosa é necessária já que os cães afetados por ela ficam debilitados e o tratamento é longo.

“A nossa intenção é sempre dar o melhor e o possível em tratamento e uma grande preocupação é o local onde eles ficam”, afirma a voluntária. “Uma grande preocupação nossa, que convivemos na rotina do abrigo, é melhorar esse ambiente e não temos outra opção além de começar a reconstruir. Não temos verba para esse trabalho e por isso precisamos da contribuição da comunidade. Tudo o que se faz ali, cada tijolinho, depende das pessoas solidárias à nossa causa”, acrescenta.

Atualmente, a ONG atende mais de 600 animais, entre cães e gatos, e o trabalho é feito por voluntários. A Viva Bicho já ganhou o projeto de uma voluntária e agora pede a contribuição para o valor da mão de obra e materiais. A situação é urgente. Para contribuir com a Vakinha, basta acessar o link. Doações também podem ser feitas diretamente via Pix (CNPJ: 06.156.776/0001-81 – ASSOCIAÇÃO VIVA BICHO DE PROTEÇÃO AOS ANIMAIS).

Fonte: ND+

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.