ONG de Dracena (SP) promove reunião para discutir casos de maus-tratos aos animais

ONG de Dracena (SP) promove reunião para discutir casos de maus-tratos aos animais

Por Poliana Possati

Todos aqueles que ao notar maus-tratos com autoria conhecida deve entrar em contato com a Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental ou ir até uma delegacia mais próxima e fazer a denúncia

SP dracena arcadenoe

Na noite de quarta-feira, 11, a ONG Arca de Noé, entidade que trabalha em prol dos cuidados e bem-estar animal, em parceria com a Polícia Militar Ambiental e Centro de Controle de Zoonoses (CZZ) promoveu reunião para falar sobre o alto índice de maus-tratos aos animais, em Dracena.

O evento falou sobre as condições de estrutura do CZZ, alimentação dos animais que se encontram no local, além do grande número de maus-tratos aos animais domésticos e equinos, que vem ocorrendo no município.

Segundo o artigo 32 da lei 9605/98, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos a pena poderá ser detenção de três meses a um ano e multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Todos aqueles que ao notar maus-tratos com autoria conhecida deve entrar em contato com a Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental ou ir até uma delegacia mais próxima e fazer a denúncia.

Estiveram presentes na reunião o médico veterinário do CZZ, Ivan José Borges, comandante do Pelotão da Polícia Ambiental, tenente Thiago Soto, os vereadores Kielse Muniz e Milton Polon, além de integrantes e voluntários da ONG Arca de Noé. O evento foi gratuito e aberto a população.

Fonte: Portal Regional

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.