AM manaus 93074 697x437 crop 54385d244f00b thumb

ONG e Batalhão Ambiental resgatam cães abandonados em Manaus

Por Tiago Melo

AM manaus 93074 697x437 crop 54385d244f00b

Dois cães, sendo um macho da raça Labrador e uma fêmea da raça Rottweiler, que estavam em situação de abandono, foram resgatados na tarde desta sexta-feira (10) em um terreno localizado no bairro Parque 10 de Novembro, zona centro-sul de Manaus, pelas fundadoras da Organização Não Governamental (ONG) ComPaixão Animal, Jaqueline e Saskya Canizo. A operação contou com a presença de um adestrador de cães e de uma equipe do Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Amazonas.

De acordo com Saskya Canizo, há cerca de uma semana elas receberam por email diversas denúncias informando a situação dos animais. “O seu Renato Oliveira, que mora em frente ao terreno, foi o primeiro a fazer a denúncia na semana passada. Logo depois outros moradores souberam da situação e também fizeram a denúncia, além das pessoas que denunciaram por meio das redes sociais”, disse a fundadora da ONG.

Segundo Jaqueline Canizo, mãe de Saskya e presidente da ONG, no local havia outros dois cachorros, que morreram de sede e fome. “Antes moravam aqui dois casais, um de cada raça. A Labrador fêmea e o Rottweiler macho morreram, bem como os filhotinhos da Rottweiler sobrevivente”, disse ela.

O problema, segundo Jaqueline, começou quando o terreno foi vendido e os animais ficaram à própria sorte, tendo que depender da ajuda dos vizinhos, que lhes provinham água e comida. “O terreno tinha um dono antes e no lugar morava um caseiro. Depois que o local foi vendido, o novo dono os deixou sem nenhum cuidado”, informou Jaqueline.

Após receberem as denúncias, Jaqueline e Saskya foram ao local, na última segunda-feira (6), com uma notificação extra judicial, mas “ao chegar não tinha ninguém pra quem entregar a notificação”, comentou Jaqueline. Já nesta sexta, a ONG contou com a ajuda do Batalhão Ambiental, que teve de arrombar o portão do terreno para fazer o resgate dos animais, que apresentam desnutrição, falhas no pêlo e problemas de pele, além de um sangramento no focinho, no caso do Labrador.

Saskya disse ainda que ambos os animais resgatados nesta tarde serão enviados para uma clínica veterinária e seus tratamentos serão custeados pelos integrantes da ONG e depois disponibilizados para adoção.

Ela ressaltou ainda que as denúncias de casos semelhantes devem ser feitas primeiramente à Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema). “A Dema é o órgão responsável por esse tipo de denúncia. Nós, enquanto ONG de proteção animal, repassamos as denúncias e, quando podemos, fazemos o resgate. Infelizmente não contamos com um abrigo para os animais resgatados, ou seja, todos eles são disponibilizados para a adoção”, contou ela.

A ONG ComPaixão Animal foi fundada em outubro de 2011 e atua na cidade de Manaus. É mantida com recursos próprios de seus voluntários e parceiros da causa e realiza, periodicamente, eventos de adoção em locais rotativos em busca de novas famílias para os resgatados.

Fonte: D24am

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.