MT cuiaba calendario4 thumb

ONG em MT quer lançar calendário com fotos de cães resgatados

Organização espera encontrar gráfica parceria para imprimir o material. Meta é conseguir arrecadar recursos para manter os trabalhos da OPA-MT.

Por Carolina Holland

MT cuiaba calendario4

A Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (OPA-MT), que atualmente abriga 110 cães e seis gatos, pretende lançar um calendário especial para 2015, com fotos de animais resgatados pela instituição. A intenção da Organização-Não Governamental (ONG) é vender cada um por R$ 10 a fim de arrecadar fundos para ajudar a custear as despesas fixas, que fica entre R$ 7 mil e R$ 8 mil por mês – isso sem contar os custos com clínicas veterinárias.

As fotos dos cachorros que irão ilustrar as páginas dos 12 meses do calendário já foram feitas, de forma gratuita, por fotógrafos profissionais de Cuiabá e a arte final do material ainda está sendo elaborada por uma agência de publicidade também da capital.

Entretanto, a OPA-MT está com dificuldade para encontrar uma gráfica que possa fazer a impressão de aproximadamente 2 mil exemplares, em forma de parceria.

MT cuiaba maia 620p

“Apesar de tudo, estou otimista. Enviamos ofícios a duas gráficas e estamos aguardando. Se não conseguirmos, teremos que dar um jeito e imprimir por nossa conta”, disse Michelle Scopel, uma das responsáveis pela OPA-MT. Nesse último caso, seriam impressos cerca de 500 exemplares, sendo que boa parte seria somente sob encomenda, afirmou.

Caso consiga fechar parceria com alguma gráfica, a intenção é vender o calendário em locais como pet shops. A divulgação do trabalho final será feita pela página da organização em uma rede social.

Fundada em novembro de 2012, a OPA-MT realiza ações constantemente – como rifas, bazares, festas e também ‘vaquinhas’ online – para conseguir recursos para pagar as despesas da ONG, que incluem ração, material de limpeza, ração, vacina, castrações, medicamentos e pagamento de funcionários.

MT cuiaba calendario2

Os ‘modelos’

Todos os 12 cães que ilustram o calendário foram recolhidos pela entidade nos últimos dois anos, sendo que quatro dele estão para adoção. Um dos ‘modelos’ é o vira-lata Bolinha, cãozinho idoso e obeso que foi resgatado pela ONG em setembro. Ele ficava num posto de combustível e era uma espécie de atração do local, pelo excesso de peso. Atualmente, o animal está numa clínica veterinária da capital, onde é submetido a dieta e exercícios, e já perdeu mais de 4 kg.

“Nossa ideia era fotografá-lo num lugar aberto, com grama, um espaço mais ao ar livre. Mas ele ficou emburrado, não queria sair da clínica de jeito nenhum, então tivemos que tirar a foto dele ali mesmo. Isso explica um pouco a carinha dele nas fotos”, contou Michelle.

Outra fotografada foi a cadelinha Gina, que quando foi encontrada em um bairro da periferia de Cuiabá estava bastante magra e debilitada, sem conseguir andar. A OPA foi chamada porque o Centro de Zoonoses da cidade estava impossibilitado de remover a cachorra, por falta de veículo. Depois de passar por tratamento, a cachorrinha conseguiu ganhar peso e, atualmente, está saudável.

MT cuiaba boquinha 620p

Adoção

Os interessados em adotar um dos animais da OPA-MT têm que entrar em contato via e-mail com entidade e pedir um formulário de adoção. Depois, devem enviá-lo para a ONG. Após essa etapa, é marcada uma visita por parte da organização na casa do futuro adotante, com o intuito de avaliar o local onde animal deverá ficar. Caso o espaço seja aprovado, o interessado poderá ir até o abrigo e escolher um cão ou um gato.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.