ONG lança abaixo-assinado pedindo a extinção do projeto Burro Táxi em Mossoró, RN

ONG lança abaixo-assinado pedindo a extinção do projeto Burro Táxi em Mossoró, RN

Sob o argumento de que os animais são expostos a maus-tratos, o documento já conta com mais de 130 assinaturas. Atraindo visitantes, turistas e, principalmente, crianças, o projeto conta seis carroças estilizadas.

RN mossoro burrotaxi1

A Organização Não Governamental (ONG) Defesa da Natureza e dos Animais (DNA) – com atuação em Mossoró – lançou um abaixo-assinado na Internet solicitando a extinção do projeto Burro Táxi da programação do Mossoró Cidade Junina.

Sob o argumento de que os animais são expostos a maus-tratos, o documento conta com mais de 130 assinaturas. O objetivo da entidade é chegar a 200 assinaturas.

O responsável pela coordenação do projeto, Brígido Alves, afirmou que desconhecia o abaixo-assinado. “Soube que havia uma denúncia na promotoria, mas não sei de nada oficialmente. A programação será lançada hoje à tarde, não sei se o projeto continua”, comentou Brígido, acrescentando que são geralmente seis carroças inseridas no projeto.

Brígido explica que o Burro Táxi ocorre de quinta a domingo no Mossoró Cidade Junina, de 19h às 22h, com ponto de partida e chegada próximo à Cidadela e ao Memorial da Resistência. Atraindo visitantes, turistas e, principalmente, crianças, o projeto conta seis carroças estilizadas que fazem o percurso no corredor cultural. Cada carroceiro recebe R$ 60,00 por noite e os cuidados com os animais são de responsabilidade do tutor.

O Abaixo-assinado aponta cinco motivos principais para a extinção do projeto:

1) Os horários inadequados (longas jornadas ou jornadas em horários de descanso do animal);

2) As carroças, muito enfeitadas, sem o dimensionamento adequado em termos de volume e peso;

3) Sem gestão sobre o número de passageiros, sua segurança (crianças podem e usam o “serviço”, por exemplo) e seu comportamento (numa festa pode-se entender que pessoas sob efeito de álcool podem cometer ações nocivas aos animais) que vai da dança sobre a carroça até a tentativa de conduzir o veículo por conta própria;

4) Expostos a músicas e som além do natural, posto que algumas carroças possuem até sistema de som, além dos Trios Elétricos e palcos com shows;

5) estresse por transitar entre carros, pessoas estranhas e especialmente fogos de artifícios (comuns nas festas juninas).

Veja o ABAIXO-ASSINADO.

Fonte: Gazeta do Oeste

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.