ONG mostras imagens fortes sobre os maus-tratos que sofrem os ursos de circos

ONG mostras imagens fortes sobre os maus-tratos que sofrem os ursos em circos

A organização que defende os direitos dos animais PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) publicou no último dia nove de janeiro um vídeo impactante sobre o tratamento recebido pelos ursos que são obrigados a trabalhar em circos.

No registro audiovisual, um investigador da organização conseguiu capturar (com uma câmera oculta) o “treinamento” aplicado aos ursos de circo para que eles realizem suas funções. O “infiltrado” visitou dez circos diferentes na cidade de Suzhou, na China, para gravar os abusos e torturas impactantes  contra os animais, que têm somente meses de idade.

“Isto é o que não te mostram quando você vai ao circo”, escreveu a página latina da organização animalista.

“Os filhotes de ursos estão acorrentados ou amarrados a uma parede e sendo obrigados a permanecer em posição vertical, às vezes durante horas, com o objetivo de fazer com que eles consigam caminhar sobre suas patas traseiras.Se eles não conseguem se sustentar dessa forma correm o risco de asfixia e enforcamento”, eles escreveram em seu site oficial.

“Se não fizessem sua rotina corretamente, os ‘cuidadores’ os agrediam até que fizessem direito”, sinalizou o relatório.

Quando os ursos não estão sendo obrigados a treinar, eles são encarcerados em pequenas jaulas onde choram, gritam e mordem tentando escapar. “Alguns tinham seus focinhos perfurados com anéis de metal”, descreveram.

Ao mostrar essa realidade, a campanha da PETA pede que o público não apoie os circos que façam espetáculos com animais, seja qual for a mascote protagonista: ursos, leões, tigres, cães… Já que a exploração animal circense é uma foram de agressão e privação da liberdade para esses mamíferos que nasceram para viver em seu habitat natural.

Por Scarlet Stuardo / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Biobio Chile Cl

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.