ONG promete pagar dívidas de restaurante espanhol se menu vegano for incluído no cardápio

ONG promete pagar dívidas de restaurante espanhol se menu vegano for incluído no cardápio
Oriente Vegetariano (Liz & Max Haarala Hamilton / Phaidon)

A organização PETA, que luta pelos direitos dos animais, deixa claro que é possível ter uma alimentação saudável durante a conversão ao veganismo ou vegetarianismo. Por isso, ela ofereceu ao restaurante do Hotel Carmen de Bembibre, um povoado de Castilla e León, na Espanha, a pagar sua dívida de dois mil euros, que aconteceu devido o restaurante deixar mais de cem clientes fugirem sem pagar a conta, se este incluir um menu totalmente vegano.

Em uma carta enviada no último dia 4 a Antonio Rodrigez, proprietário do Hotel Carmen, a PETA sinalizou que a comida não precisa ser à custa da vida dos animais e que cada vez mais as pessoas estão optando por uma dieta vegana.

Ser vegetariano, uma escolha de muitos para ser mais responsável com o meio ambiente. (Imagem: Denise Taylor / Getty)

A popularidade do estilo de vida vegano não para de crescer e para a organização oferecer alimentos sem derivados de animais é uma boa opção para fazer com que o negócio cresça ainda mais. “Eliminar carnes, ovos e laticínios do menu não somente pode aumentar o número de clientes em seu negócio, mas também salvar a vida de muitos animais e evitar uma existência de sofrimento e uma morte violenta”, pode-se ler na carta.

A PETA se mostra otimista e espera que o restaurante leve em consideração sua proposta e decida aceitá-la. “Esperamos que escolha recuperar as perdas geradas pelas refeições que não foram pagas e comece a servir deliciosos pratos veganos que não tirem a vida dos animais”.

Nos últimos anos foi visto um aumento de 94% em restaurantes veganos e vegetarianos na Espanha, de acordo com dados oferecidos pela organização. Mesmo assim, a PETA garante que aqueles que escolhem este estilo de vida no geral “são mais saudáveis e esbeltos que aqueles que se alimentam de animais”. Além disso, “possuem menor tendência a desenvolver câncer, doenças cardíacas e diabetes”.

Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: La Vanguardia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.