ONG resgata cão torturado por idoso em Sousa, na PB

ONG resgata cão torturado por idoso em Sousa, na PB

Na cidade de Sousa no Sertão da Paraíba ocorreu mais um caso de crueldade humana contra um animal. Um cachorro vira lata foi espancado e torturado por um idoso. O crime foi na rua Joaquim Anacleto no bairro do Mutirão.

A ONG Abrigo Animais Sem Rumo da cidade foi chamada, e acabou socorrendo o animal que foi levado para uma clínica veterinária onde acabou internado para tratamento dos ferimentos.

No dia do caso, moradores deram conta de que o agressor começou as agressões sem motivo aparente e em seguida cortou suas duas orelhas como se vê nas imagens.

Os vizinhos chamaram ainda polícia militar, que compareceu no local, deteve o dono, mas ele foi liberado da delegacia após assinar um TCO.

A ONG batizou o cão de nome Joãozinho, e promete acionar o acusado na justiça.

O animal será levado a sede do abrigo onde ficará disponível em seguida para adoção responsável.

O agressor pode ser inserido no crime que a lei de crimes ambientais prevê em seu artigo 32 da LCA 9.605/98.

Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

1º. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
2º. “A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

Fonte: Clinton Medeiros

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.