RJ clinicasautuadas0

Operação do Procon tem dez clínicas veterinárias autuadas e 1 preso no RJ

Uma das clínicas abrigava cachorros em local exposto ao calor e ao frio. Oito armazenavam medicamentos com prazo de validade vencido.

RJ clinicasautuadas1

O Procon Estadual autuou dez clínicas veterinárias durante a operação Victória e Gucci segunda-feira (9). Ao todo, 11 foram vistoriadas e o dono de um dos estabelecimentos vistoriados, a Clínica Bom Pastor, em São Gonçalo, na Região Metropolitana, foi detido e encaminhado à 74ª DP (Alcântara).

Segundo o Procon, quase todos os medicamentos estavam fora do prazo de validade na clínica (veja o balanço completo abaixo).

A clínica Preserve, em Duque de Caxias, Região Metropolitana do Rio, foi interditada por ausência de documentação e péssimas condições de higiene. Além das irregularidades que levaram a sua interdição, a clínica também foi autuada por armazenar medicamentos vencidos, abrigar cachorros em local exposto ao calor e ao frio, alguns sem água e comida, e estar em péssimas condições de higiene.

Medicamentos com prazo de validade vencido foi a irregularidade mais encontrada durante a vistoria: oito das dez clínicas autuadas apresentaram este problema. O Centro de Apoio Diagnóstico Veterinário localizado na Av. Heitor Beltrão, 44, na Tijuca, foi a única clínica que não foi autuada.

O nome da operação é uma homenagem as cadelas Victória e Gucci, as buldogues francesas da Barra da Tijuca que foram filmadas com uma câmara escondida, em janeiro deste ano, sendo agredidas pelo noivo da dona delas.

RJ clinicasautuadas2

Balanço da Operação Victória e Gucci

1 – Bixarada Pet (Rua Almirante Cochrane, 45 – Tijuca): Ausência de CDC para consulta. Ausência do Livro de Reclamações. Produtos vencidos: um pote de 50 g de formol pastilha, dois frascos de mousse de limpeza com 150 ml, dois frascos de neuroléptico com 20 ml cada, oito frascos com um ml cada de imunocan e cinco ampolas de asmapen vencidos.

2 – Clínica Toca Dos Bichos (Rua Barão de Mesquita, 112 – Tijuca): Ausência do cartaz do Disque 151. Ausência do CDC para consulta. Produtos encontrados no armário de medicamentos com prazo de validade expirado: Lincomicin 03 caixas (10 ml cada), Pomada Emla (5g), Sedativo Kensol (10 ml), Euthyrox (25 comprimidos), Cloridrato de Tramadol (03 caixas – 50mg cada), Benzoilmetronidazol (100 ml), Hidrovit (50 ml), 04 Ampolas Unifenobarb (1 ml cada), 01 Ampola Atrofarma (1ml), Calivecortin (10ml).

3 – Quatro Patas (Rua João Francisco de Assis, 50 – Vila Centenário – Duque de Caxias): Ausência do CDC para consulta. Ausência do cartaz do Disque 151. Ausência do Livro de Reclamações. Produto vencido encontrado em gaveta dentro do consultório: 10 ml de diluente para oprazon. Ausência do alvará de licença sanitária, prazo de 48h para apresentação sob pena de interdição.

4 – Veterinária Bom Pastor (Rua Eudino Egger, 567 – Jardim Catarina): Ausência de CDC para consulta. Ausência do Livro de Reclamações. Havia 23 diferentes medicamentos vencidos a partir de novembro/2010. Seringas já manipuladas com medicação sem a especificação do medicamento e validade. Prazo de 15 dias para apresentação do alvará de funcionamento. Veterinário responsável levado preso para a 74ªDP.

5 – Hospital Escola de Medicina Veterinária (Rua Passos da Pátria, 261, lj A, 25 de agosto – Duque de Caxias): Ausência do CDC para consulta. Ausência do cartaz do Disque 151. Ausência do Livro de Reclamações. Ausência da tabela de preços dos serviços. Ausência do alvará de licença sanitária, prazo de 48h para apresentação sob pena de interdição. Produtos fora da validade encontrados no almoxarifado: 50 ml de parasiticida de amplo aspecto, 20ml de cetoprofeno, 10ml de Placentex, 15 ml de Izoot B12, 03 comprimidos de alcort.

6 – Preserve (Rua Passo da Pátria, 264, parte – 25 de agosto – Duque de Caxias): Encontrados na geladeira de vacinas: 100ml de Succinil Colin vencido. Encontrados no estoque de remédios: 20ml de atraipet, 50 ml de doramec vencido. Ausência do CDC para consulta. Ausência do Livro de Reclamações.. Ausência do cartaz do Disque 151. Ausência do alvará de licença sanitária. Ausência do certificado do CBMERJ. Cachorros abrigados em local exposto ao calor, frio e em péssimas condições de higiene. Inclusive havia cachorro sem água e comida. Estabelecimento interditado até a regularização de documentação e adequação das instalações.

7 – Happy Dog (Rua Teodoro da Silva,837 – Vila Isabel): Acrílico autopolimerizante vencido. Na sala do piso superior o soro estava amarrado na luminária do teto. Havia 01 extintor vencido. Ausência do certificado do corpo de bombeiros c a alegação q possui (48 horas para apresentação sob pena de interdição).

8 – Veterinária São Francisco de Assis (Rua Dr. Nilo Peçanha, 420 – São Gonçalo): Ausência de CDC para consulta. Produtos com prazo de validade expirado: 6 frascos com 20ml cada de Monovin A, 1 frasco de 50ml de antidiarreico red stop, 1 frasco de 20ml de Hypocaina, 1 frasco de 10ml de Plasil, 1 ampola de 1ml de hydren, 1 frasco de 10ml de água destilada.

9 – Veterinária SoS (Rua João Cândido, 239 – São Gonçalo): Ausência do Livro de Reclamações.

10 – Veterinária Amicão (Rua Soares de Miranda, 7 – Fonseca): Ausência de CDC para consulta. Ausência do cartaz do Disque 151. Ausência do Livro de Reclamações. Produtos com prazo de validade expirado: 2 frasco-ampola de 50mg cada de cloridrato de doxorrubicina, 2 frascos de 20ml cada de atropina, 2 frascos de 100ml cada de gentamax, 1 frasco de 100ml de ocitocina, 1 frasco de 50ml de buscofin composto, 1 frasco de 50ml de Hepavet, 1 frasco-ampola de 10ml de Novolin N100.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.