RJ novaiguacu abat tingua 620

Operação fecha fornecedor de suínos para abatedouros; proprietário é indiciado

Uma operação conjunta da Defesa Agropecuáia, DPMA, CPAM e Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB-RJ fechou estabelecimento fornecedor de suínos para abatedouros em péssimas condições, em Tinguá, Nova Iguaçu, RJ.

Os fiscais encontraram comida estragada, larvas, lama, muita sujeira e sinais de maus-tratos no local.

Mais de 650 animais estavam em condições precárias. Não foram vacinados contra doenças e não tinham acompanhamento veterinário. No local, ainda foram encontrados 15 cães, 12 gatos e 40 galinhas.

“Constatamos aqui crime de maus-tratos, crime ambiental, crime contra o consumidor e total desrespeito às regras de saneamento,” disse o presidente da CPDA/OAB-RJ, Reynaldo Velloso.

O proprietário recebeu voz de prisão e foi levado para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, na Cidade da Polícia. Ele será indiciado por diversos crimes.

Fonte: Sidney Rezende

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.