GO montagem-pits

Justiça retoma audiência de acusado de maus-tratos a 56 pit bulls em GO

Após dois adiamentos, deve ser realizada nesta terça-feira (1º) a audiência de instrução de Camilo Godinho Neto, acusado de maus-tratos a 56 cães da raça pit bull. Na sessão, a juíza Liliam Margareth da Silva Ferreira, do 1º Juizado Criminal de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, pretende ouvir o réu e as testemunhas. Após o procedimento, ela vai decidir como será feito o julgamento.
LEIA MAIS Justiça retoma audiência de acusado de maus-tratos a 56 pit bulls em GO
PR 00145390

Cães são castrados gratuitamente em clínicas conveniadas, em Curitiba

A Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba está promovendo um mutirão de avaliação clínica, identificação com microchip e castração gratuitas nos bairros da cidade. Em uma primeira fase, a equipe vai ao bairro fazer a avaliação clínica dos animais e depois volta ao local para pegar os cães identificados, que são levados para clínicas conveniadas para o serviço de castração.
LEIA MAIS Cães são castrados gratuitamente em clínicas conveniadas, em Curitiba
luciano-medieval pig slaughter-thumb

A acusação de imposição

Os seguintes alegações são algumas das mais comuns nos debates sobre ética animal. Todas elas tem como base o mesmo argumento:
 
“Isso que você está a defender é moralmente opcional. Você quer ser vegano, que seja. Tenho o direito de não ser”.
 
“Sou vegano, mas quem quiser, tem o direito de explorar os animais”.
 
“Defendo meu direito de ser vegano, mas, quem quiser, tem todo o direito de não ser”.
 
“Quem quiser tem o direito de ser vegano, mas, impor o veganismo é uma coisa errada; quem quiser tem o direito de não ser vegano”.
LEIA MAIS A acusação de imposição
PI tartarugad

Mais de 100 filhotes de tartarugas são soltos no litoral piauiense

Mais de 100 filhotes da espécie conhecida como tartaruga-de-pente foram soltos na praia Pedra do Sal, no município de Parnaíba, no último dia 28. A desova era acompanhada por equipes do projeto Biomade, que monitoravam os ninhos e presenciaram o primeiro nascimento da temporada, do animal marinho ameaçado de extinção. Ao todo 127 filhotes foram soltos no litoral piauiense.
LEIA MAIS Mais de 100 filhotes de tartarugas são soltos no litoral piauiense

Seiva e sangue: “matéria combustível” e “matéria iluminada”

Em Seiva e sangue: outras vidas, outras mortes, do ano 2001, minha intenção foi responder às pessoas que – baseadas na idéia de que as plantas também “sentem” – consideravam moralmente admissível alimentar-se com animais não-humanos porque, no final das contas, sempre se precisa matar. Estabeleci que essa equiparação é errônea, mas que, se não fosse, a coerência da preocupação ética dessas pessoas deveria levá-las a deixarem de matar animais não-humanos e plantas. Elas poderiam, então, aceitar uma alimentação à base de frutos e sementes. No entanto, as discussões e os comentários a respeito dessa equiparação ofuscaram meu propósito principal: demonstrar o absurdo da solução onívora proposta por aqueles que faziam a equiparação.

LEIA MAIS Seiva e sangue: “matéria combustível” e “matéria iluminada”
veggi omelete-vegan

Omelete vegano com escarola refogada

315 Ingredientes 1 xícara de grão de bico cru ( deixar de molho na agua por no minimo 8 horas )2 dentes de alho1/2 cebola picadaSalsinha e cebolinha a gostoPimenta do reino e coentro a gosto1 pitada de sal1 xícara de água Recheio Meio maço de escarola2 dentes de alho1 pitada de sal Preparo Refogue a escarola no alho e reserve. Bata no liquidificador o grão de bico até formar uma massa homogênea acrescentando água aos poucos, misture os temperos, bata mais um pouco. Na frigideira unte com azeite, despeje oa istura, formando uma camada fina, espalhe com uma colher,…

LEIA MAIS Omelete vegano com escarola refogada
luciano-animal-jaula-thumb

Abolicionismo x regulamentarismo

Abolicionismo e bem-estarismo são dois termos recorrentes no debate sobre a consideração moral dos animais não humanos. Eu utilizarei, contudo, o nome regulamentarismo, ao invés de bem-estarismo (o porquê dessa mudança será explicada mais abaixo). Assim sendo, o texto de hoje é sobre a seguinte pergunta:
 
“Qual a diferença entre abolicionismo e regulamentarismo?”
LEIA MAIS Abolicionismo x regulamentarismo
luciano-cao-com-boia

Especismo e a questão da prioridade no socorro

A maioria das pessoas acredita que o fato de alguém pertencer à espécie humana deveria intitular automaticamente esse alguém a ter prioridade no socorro. Abaixo, ofereço algumas razões para se pensar que essa posição é injusta. Contudo, essas razões acabam por mostrar que seria injusto basear-se não apenas no critério “pertencer à espécie humana”, e sim, “pertencer à espécie x” (ou seja, qualquer uma delas).

LEIA MAIS Especismo e a questão da prioridade no socorro