Pangolins não foram responsáveis por covid-19

Pangolins não foram responsáveis por covid-19

Anteriormente apontados como os possíveis transmissores do novo coronavírus aos humanos, os pangolins foram descartados em estudo publicado ontem pela revista “PLOS Pathogens”. O animal ganhou fama em meio à pandemia por estar entre os animais mais comercializados no mercado de Wuhan, cidade berço do vírus causador da Sars-Cov-2.

Mas, segundo pesquisadores do Instituto de Pesquisas Biológicas Aplicadas de Guangdong, da China, dois pangolins doentes foram analisados em laboratório e, apesar de detectarem um coronavírus presente nos mamíferos, não se tratava do causador da pandemia.

Dessa maneira, a pesquisa que descobrirá qual animal fez a contaminação intermediária dos morcegos para o homem ainda está em andamento.

“Os pangolins poderiam ser os hospedeiros naturais de betacoronavírus, com um potencial desconhecido para infectar os seres humanos. Todavia, o nosso trabalho não sustenta a hipótese de que o Sars-CoV-2 tenha evoluído diretamente do coronavírus dos pangolins”, afirmou Jinping Chen, líder do estudo.

Pesquisadores explicam que a conservação da selva será importante no futuro para minimizar o risco de que outros coronavírus passem dos animais selvagens para os homens.  

Fonte: Metro Jornal

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.