Participantes do Projeto Ecoleta doam cavalos que puxavam carroças em Maceió

Participantes do Projeto Ecoleta doam cavalos que puxavam carroças em Maceió
Foto: Walison Vieira/Ascom Alurb

A semana começou com uma grande ação de proteção animal. Os ex-carroceiros, agora beneficiados pelo Projeto Ecoleta, realizaram a doação de seus cavalos para receberem os cuidados necessários e se aposentarem do serviço pesado. A iniciativa, que aconteceu nessa segunda-feira (3), foi encabeçada pela Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana (Alurb) em parceria com a Secretaria Extraordinária do Bem-Estar Animal (Sebema).

Foto: Walison Vieira/Ascom Alurb
Foto: Walison Vieira/Ascom Alurb

Seis animais receberam um novo destino, além de tratamentos médicos. Um desses animais foi para a fazenda do Samuel Santos, empresário que reside na parte alta de Maceió. Ele ficou sabendo da possibilidade de doação e não pensou duas vezes.

“Meu filho é apaixonado por cavalos. Então, eu corri para conseguir essa doação e tirar esse animal do serviço pesado que exercia. Já percebi que esse cavalo que adotei é muito dócil. Agora, vou cuidar muito bem dele e terá uma nova família”, disse.

Foto: Walison Vieira/Ascom Alurb
Foto: Walison Vieira/Ascom Alurb

Os outros cinco cavalos foram encaminhados para a cidade de Messias, onde ficarão em um lugar voltado para os cuidados animais e poderão ser utilizados em Ecoterapias.

“É uma experiência gratificante tirar esses animais da vida que levavam, debaixo de sol e chuva, carregando resíduos pesados. Eles finalmente poderão descansar de tudo que já fizeram, receber os cuidados corretos e necessários, além de servir para outras funções, que incluem crianças e terapias”, revelou Ângela Silva, coordenadora dos Ecopontos da capital.

Foto: Walison Vieira/Ascom Alurb
Foto: Walison Vieira/Ascom Alurb

José André Balbino é um dos carroceiros beneficiados pelo projeto que realizou a doação de seu animal.

“Fiquei um pouco triste por perder um companheiro do dia a dia, mas feliz pelo novo jeito que ele vai ser tratado. Ele me ajudou muito na vida de carroceiro. Mas se eu tive uma outra oportunidade de melhorar, ele também merece”, contou.

Tanto o profissional que doou o animal, quanto os responsáveis por receberem a doação assinaram termos se comprometendo a seguir o planejado pelo projeto: realizar a troca da tração animal por triciclos elétricos, melhorando a vida do carroceiro e também do animal.

O secretário de Bem-Estar Animal, Gabriel Pinheiro, parabenizou o município pela criação do programa, que retirou os animais de tração das ruas, promovendo o bem-estar animal e a saúde pública.

“Esta iniciativa exemplar resgata esses animais de condições adversas, oferecendo-lhes a chance de adoção e uma vida digna. Que este ato inspire outras cidades a seguirem o mesmo caminho, fortalecendo nosso compromisso com a proteção animal”, afirmou.

Fonte: Tribuna do Sertão