RJ cachoeirasdemacacu indice dm2vjGb H

Pássaros aprendidos são devolvidos à natureza em Cachoeiras de Macacu, RJ

RJ cachoeirasdemacacu indice dm2vjGbCerca de 40 pássaros foram devolvidos à natureza nesta quarta-feira (13) em Cachoeiras de Macacu, Região Serrana do Rio. Os pássaros tinham sido apreendidos em operações de combate ao tráfico de animais silvestres. Vinte crianças participaram da soltura. A ação é da Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca), da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), e da Polícia Militar Ambiental.

Segundo informações da SEA, todas as gaiolas foram quebradas pelas próprias crianças. Entre as espécies que foram devolvidas à natureza estão coleiros, trinca-ferros, canários da terra e outras representativas da fauna do Estado do Rio de Janeiro.

Antes de serem soltos, os animais foram submetidos a análises veterinárias. O coordenador da Cicca, coronel José Maurício Padrone, acredita que a iniciativa de reunir crianças para soltar os pássaros vítimas do trafico é a melhor forma de educação ambiental, além de ser uma excelente experiência interativa, onde as crianças servirão de agentes multiplicadores para modificar a cultura da retirada de pássaros da natureza para criá-los em cativeiros.

“Através dessas crianças, estamos devolvendo os animais para o lugar de onde eles jamais deveriam ter saído. A retirada criminosa destes animais da natureza interrompe a cadeia alimentar e causa inúmeros prejuízos para a fauna, já que muitos deles são responsáveis pela dispersão de sementes”, afirmou o coordenador da Cicca.

O comandante da Polícia Ambiental, coronel André Vidal, explicou que, segundo a legislação, quem mata, apanha, expõe a venda ou cria em gaiolas animais silvestres sem autorização está sujeito a uma multa que varia de R$ 500 e R$ 5 mil por animal, além de detenção de seis meses a um ano.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.