Pastor é acusado de agredir animais em Fortaleza

Pastor é acusado de agredir animais em Fortaleza

Suspeito negou acusações, mas não permitiu que ninguém tivesse acesso aos bichos.

CE Fortaleza maustratosdepastor

Um pastor evangélico foi denunciado à Sociedade Protetora dos Animais (SPA), na tarde desta quinta-feira (30), por supostamente agredir animais de carga que cria, no bairro Pan Americano, em Fortaleza.

Ao Cnews, Márcio Sousa, coordenador da SPA, disse que Francisco Diórgenes Pessoa, conhecido como “Irmão”, tem um depósito de construção no bairro e utiliza 10 animais, entre jegues e jumentos, para transportar cargas de seu estabelecimento. Moradores entraram em contato com a entidade para denunciar que os animais eram agredidos e estavam com machucados. 

Em entrevista à TV Cidade, Francisco negou todas as acusações e disse que está tudo bem. Porém, o homem não permitiu que ninguém entrasse no local para conferir o estado de saúde dos animais. Um cliente do depósito de construção e frequentador da igreja que o pastor lidera, disse que era tudo mentira, pois o suspeito é um homem bom. 

De acordo com Márcio Sousa, a partir das declarações de testemunhas e do próprio tutor dos animais, será feito um relatório para ser encaminhado à Promotoria do Meio Ambiente. O coordenador da SPA disse que moradores relataram que alguns animais estão debilitados, possivelmente pelo excesso de carga que são obrigados a carregar. 

Nenhum animal foi apreendido. O caso será investigado. Caso seja condenado, Francisco poderá pegar até um ano de prisão por maus-tratos. 

Fonte: CNEWS

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.