Pato encontrado em estado crítico após intoxicação recebe alta em Mariana, MG

Pato encontrado em estado crítico após intoxicação recebe alta em Mariana, MG

No dia 24 de agosto, a equipe da Guarda Municipal Ambiental de Mariana recebeu um chamado urgente relatando a presença de patos mortos na lagoa e um terceiro pato em estado crítico no bairro Dandara, em Mariana, na região central de Minas Gerais.

A Guarda Municipal Ambiental respondeu prontamente à chamada e, após constatar a situação, encaminhou o pato agonizante para atendimento de emergência no Instituto Habitat, onde a médica veterinária Amanda Lopes assumiu o caso.

O pato chegou em condição grave, apresentando diversos sinais de intoxicação. Foram realizados uma série de exames e o animal permaneceu sob cuidados intensivos por cerca de 10 dias.

A veterinária Amanda Lopes informou que os resultados dos exames e a condição clínica do pato indicavam fortemente a possibilidade de intoxicação por envenenamento. A Guarda Municipal Ambiental está trabalhando ativamente na investigação para identificar os responsáveis por esse possível crime contra os animais.

Hoje, segunda-feira (04), o Instituto Habitat divulgou uma excelente notícia: o patinho, que estava em estado grave, recebeu alta médica e foi reintegrado ao seu lar. A equipe de biólogos do instituto agora iniciará um projeto de identificação e monitoramento dos animais que habitam a lagoa.

O Instituto Habitat aproveitou a oportunidade para elogiar a Guarda Municipal Ambiental por seu compromisso e sensibilidade para com os animais, o meio ambiente e a comunidade. Eles também expressaram gratidão a todos os envolvidos no esforço para salvar a vida deste pequeno pato.

O Sou Notícia entrou em contato com a Prefeitura de Mariana para obter informações sobre possíveis parcerias voltadas para o resgate e assistência de animais silvestres na cidade e aguarda retorno, haja visto a falta de apoio do Executivo no cuidado a esses animais.

Em caso de testemunhar crimes contra os animais e o meio ambiente, utilize os seguintes contatos de emergência:

  • 153 Guarda Municipal Ambiental (Mariana)
  • 190 Polícia Militar Ambiental
  • 31 98249-9670 Instituto Habitat

Fonte: Sou Notícia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.