Pedágio Solidário do Abrigo de Cães arrecada dinheiro para melhorias na sede da ONG

Pedágio Solidário do Abrigo de Cães arrecada dinheiro para melhorias na sede da ONG

A solidariedade falou mais alto no último sábado em Rio Negro. Os motoristas e os pedestres contribuíram ao Primeiro Pedágio Solidário do Abrigo de Cães São Francisco de Assis. De moedinha em moedinha, foram arrecadados R$ 3.051,00 que serão revertidos para melhorias na sede da ONG.

Segundo a presidente da instituição, Patrícia Horn, os gastos do Abrigo são altos. Por mês, são consumidos 500 quilos de rações mais os gastos com veterinário. Para ela, a iniciativa serve para aproximar a comunidade do Abrigo e apresentar o trabalho desenvolvido desde 2013.

Durante quatro horas, cerca de 20 voluntárias pararam carros, motocicletas, caminhões e pedestres para pedir sua contribuição em dinheiro.

A voluntária Pamela Endler afirmou que diversas pessoas prestigiaram o evento e contribuíram financeiramente para a manutenção dos cães resgatados pelo abrigo, muitas delas elogiaram o trabalho voluntário realizado por toda a equipe, sempre frisando que faziam questão de prestar ajuda a uma causa tão nobre.

– É gratificante poder contar com o apoio da sociedade e ver que existem muitas pessoas dispostas a ajudar nossos amigos de quatro patas. Acabamos conhecendo, também, histórias de protetores independentes que se unem para auxiliar animais abandonados em seus bairros, possibilitando uma troca de experiências. – destaca Pamela.

A voluntária Tânia Cristina Melantonio afirmou que teve a impressão que 90% das pessoas que passaram pelo pedágio ajudaram. Segundo Tânia, é gratificante ver a confiança da população no trabalho do Abrigo e a disponibilidades de cidadãos em ajudar a causa.

O dinheiro arrecadado será utilizado para melhorias na infraestrutura do abrigo, como canis danificados. E também será utilizado para tratamento médico e alimentação dos animais. Atualmente, 36 cães estão na estrutura.

Durante os sábados, o Abrigo está aberto para receber visitantes. Os cães recebem os visitantes das 14 horas às 16 horas.

Por Chayenne Cardoso        

Fonte: Click Paraná

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.