Pedreiro e catador são suspeitos de matar gata de estimação e comer a carne do animal em Bauru, SP

Os dois negaram ter matado o felino, mas assumiram que comeram o bicho.

Por Cinthia Milanez

Um pedreiro de 44 anos e um catador de materiais recicláveis de 52 são suspeitos de terem matado a gata de estimação de uma vizinha e consumido sua carne, na tarde deste domingo (25), no Fortunato Rocha Lima, em Bauru.

Conforme consta no boletim de ocorrência (BO), a proprietária do animal disse que viu um deles com um balde em mãos. O suspeito dispensou o conteúdo do suporte em um terreno baldio.

A tutora da gata, então, viu que se tratava dos restos mortais do animal, como as vísceras, a cabeça e o couro.

Indagados, os suspeitos disseram que a gata havia sido atropelada por um mototáxi e já estava morta no momento em que decidiram consumir sua carne.

Eles assinaram um termo circunstanciado pelo crime de praticar ato de abuso a animais e responderão em liberdade.

Fonte: JCNET

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.