Pequena lontra foi roubada de sua mãe para ser vendida como animal de estimação

Pequena lontra foi roubada de sua mãe para ser vendida como animal de estimação
Fotos: Wildlife Friends Foundation Thailand

Demorará um tempo até que esta lontra possa lembrar como é ser selvagem novamente.

Isso porque Jay, uma lontra asiática, era somente um bebê quando ele foi levado para a casa de alguém e mantido como um animal de estimação.

Agora ele tem cerca de três meses de idade e, felizmente, está nas mãos de pessoas que realmente querem ajudá-lo a ser livre novamente. Se ele estivesse na natureza, ele ainda estaria sob os cuidados de sua mãe.

“A pessoa que o estava mantendo o tinha adquirido de um amigo como um animal de estimação indesejado alguns dias antes de ter entrado em contato conosco”, escreveu a Wildlife Friends Foundation Thailand (WFFT), organização que resgatou Jay na semana passada. A equipe levou a pequena lontra para o Centro de Resgate de Vida Selvagem do WFFT.

Lontras como Jay enfrentam muitas ameaças e estão listados como espécie vulnerável pela Lista Vermelha da IUCN. O crescimento humano vem destruindo o habitat das lontras e a poluição tem diminuído a população de peixes, que é a fonte de alimentos das lontras.

Em algumas partes da Ásia, as lontras ainda são alvos de caçadores por causa de sua pele. E lontras também são alvos de traficantes de animais selvagens que querem ganhar dinheiro vendendo-as como animais de estimação.

“Infelizmente, está ocorrendo um aumento de lontras como animais de estimação por toda a Tailândia”, a WFFT escreveu, acrescentando um detalhe ainda mais assustador: “Estamos ouvindo relatos de ‘fazendas’ de lontras onde muitas estão sendo procriadas especificamente para o comércio de animais de estimação”.

Mas Jay parece estar em condições boas o suficiente para ter uma ótima chance de um futuro real na natureza. “O pequeno Jay está bem agora, ele está comendo bem”, Tom Tyler, diretor assistente do WFFT, contou ao The Dodo. “Ele ainda está sob supervisão pela equipe de veterinários da organização e está atualmente sendo mantido no Hospital da WFFT. Logo ele será movido para uma área externa onde iremos ensiná-lo a nadar”.

Jay ainda é tão jovem que faz refeições líquidas, mas está sendo introduzido a alguns alimentos sólidos. Na natureza, sua mãe estaria ensinando-o a comer peixe nesta fase de seu crescimento.

“Jay é bastante briguento e, mesmo nesta idade, já pode causar danos com seus dentes afiados e seu maxilar forte”, a WFFT escreveu.

Os resgatistas estão fazendo o que podem para simular o que a mãe de Jay faria para criá-lo até que ele possa ser uma lontra selvagem de novo.

“Quando ele ficar um pouco mais velho, irá conhecer outra lontra resgatada do WFFT”, Tyler disse. “Eles viverão em um cercado externo com piscinas, túneis e muitos outros grandes melhoramentos para mantê-los ocupados”.

Para ajudar animais como Jay a voltar para a natureza, você pode fazer uma doação ao WFFT aqui.

Por Sarah V Schweig  / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: The Dodo 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.