Peru devolve mais de dois mil animais selvagens à natureza

Peru devolve mais de dois mil animais selvagens à natureza

“Em 2021, o Serviço Nacional Florestal e de Fauna Silvestre colocou nos habitats naturais 2.224 exemplares de animais selvagens que foram apreendidos em operações ou encontrados em diferentes circunstâncias”, diz o comunicado do Serfor.

Segundo o órgão estatal, a lista de animais é encabeçada pela rã gigante do lago Titicaca (Telmatobius culeus), com um total de 1.745 indivíduos. Esta espécie de anfíbio é traficada para ser utilizada como “matéria-prima” na elaboração de extratos e bebidas devido às supostas propriedades medicinais e afrodisíacas.

Entre os animais devolvidos há andorinhas-do-mar, porquinhos-da-índia selvagens, tartarugas, jiboias e outras serpentes, preguiças, tamanduás, jaguatiricas e porcos-espinhos.

O tráfico ilegal de vida selvagem é considerado um dos quatro crimes mais lucrativos, segundo a Interpol. Além disso, o comércio ilegal de animais é uma das principais causas de perda da biodiversidade.

Fonte: SAPO / mantida grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.