Pesquisadores relacionam baleias encalhadas com desnutrição

Pesquisadores relacionam baleias encalhadas com desnutrição

AUSTRALIA 650x375 jubarte 1416629

A desnutrição pode explicar o forte aumento do número de baleias jubarte (corcundas) que encalham na costa ocidental da Austrália, indicaram nesta quarta-feira cientistas em uma conferência em Perth.

A necropsia dos cetáceos, em sua maioria espécimes jovens, mostrou que as baleias encalhadas sofriam de desnutrição, explicou Carly Holyoake, da Universidade Murdoch.

“Exames post-mortem e a análise da quantidade de gordura em amostras apontaram que a maioria das baleias jovens estavam em um estado de desnutrição grave”, acrescentou a pesquisadora.

“A maioria tinha um nível de gordura muito baixo, indispensável para a energia, a regulação térmica e a capacidade de flutuar”, acrescentou.

Entre 1989 e 2007, entre duas e três baleias jubarte encalhavam todos os anos na costa ocidental da Austrália, sobretudo na parte sul. O número aumentou para 13 em 2008 e para 46 em 2009. Em 2010 e 2011, encalharam, respectivamente, 16 e 17 baleias.

Entre as causas da desnutrição dos cetáceos figuram a intensificação da pesca comercial de krill (para as explorações piscícolas) e a influência, ainda pouco conhecida, do aquecimento global nas quantidades de krill nas águas.

O krill é um elemento-chave na dieta das baleias.

Fonte: A Tarde

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.