Pessoas que abandonaram seus animais durante o furacão Irma responderão criminalmente

Pessoas que abandonaram seus animais durante o furacão Irma responderão criminalmente
Os tutores de animais que foram abandonados durante o Furacão Irma podem enfrentar acusações criminais.

Os tutores de animais que foram abandonados durante o Furacão Irma podem enfrentar acusações criminais.

Oficiais do serviço de controle de animais da Flórida, que foi atingida pela tempestade, dizem que os tutores que deixaram seus animais para trás serão processados.

O New York Post relatou que 40 cães foram resgatados por funcionários do Palm Beach County Animal Care and Control depois da passagem do furacão.

Muitos deles estavam amarrados a postes ou foram deixados do lado de fora de suas casas, em cercados.

A diretora da organização, Dianne Suave, disse ao jornal: “Não há desculpa alguma para fazer isso”.

Dave Aronberg, Procurador do Estado, no condado de Palm Beach, disse ao New York Post: “Este é um exemplo perfeito de crueldade contra o animal”.

Ele alertou: “Nós iremos encontrá-los, e iremos julgá-los criminalmente”.

Os oficiais pedem que aqueles dispostos a abrigar animais abandonados entrem em contato e ofereçam suas casas.

A Sra. Suave disse ao USA Today: “É muito decepcionante. Nosso objetivo é manter os animais de estimação e as pessoas juntos”.

Por lei, se o tutor de um animal o entrega a um abrigo antes da tempestade, ele não pode pegá-lo de volta após a passagem do fenômeno.

Andrew Perini passeia com Arnie, cachorro de seu vizinho, no dia seguinte após a passagem do Furacão Irma pelo sul da Flórida (Imagem: Rex)
Andrew Perini passeia com Arnie, cachorro de seu vizinho, no dia seguinte após a passagem do Furacão Irma pelo sul da Flórida (Imagem: Rex)

“Às vezes me sinto dividida em relação a esta política,” disse a Sra. Suave. “Mas nós não somos um internato”.

A Sociedade Americana para Prevenção da Crueldade contra os Animais (ASPCA) diz ter resgatado cerca de 600 animais na Flórida, Geórgia e Carolina do Sul após o Furacão Irma.

“É fundamental que os donos de animais de estimação levem seus bichinhos em consideração quando estiverem se preparando para um desastre natural, e sempre pedimos que levem seus animais junto, se tiverem que evacuar suas casas,” disse Tim Rickey, vice-presidente da ASPCA.

“A ASPCA esteve pronta para ajudar os animais na passagem do Irma, mas a primeira e melhor linha de defesa para um animal sempre será um dono bem preparado”.

Por Ross McGuinness

Fonte: Yahoo Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.