Pinguim afugentado por cães voltará em breve ao mar; vídeo

Pinguim afugentado por cães voltará em breve ao mar; vídeo
Fotos e vídeo: Ricardo Wegrzynovski / R3 Animal

Passa bem o pinguim encontrado debilitado, no dia 5 de junho, na praia do Morro das Pedras, em Florianópolis. O pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) estava engasgado com um peixe no esôfago, e em processo de afogamento, pois não conseguia acessar a praia devido aos cães que ameaçavam lhe atacar. A ave foi resgatada pela R3 Animal, que executa o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) no trecho 03, na ilha de Santa Catarina.

A técnica em monitoramento, da R3 Animal, Ingridy Moara Severino foi quem realizou o resgate. Ingrid relatou que o pinguim estava bastante debilitado, e tentou sair do mar sozinho. No entanto, se assustou com alguns cães que estavam na areia e impediam o animal de sair da água. “Então com ajuda de populares afastamos os cães e consegui pegar o pinguim com uso do puçá”, relembra.

Quando o pinguim foi recebido para reabilitação estava com 2,035 quilos. Após cerca de 40 dias ganhou peso, e chegou aos 3,260 quilos. A ave recebeu a anilha provisória R3 1291 para ser identificada durante o processo de reabilitação.

Segundo o médico veterinário Rodrigo Rabelo de Castro Sousa, da R3 Animal, nesse meio tempo o pinguim apresentou uma discreta crepitação no pulmão direito que poderia evoluir para pneumonia, mas teve seu quadro revertido. “O pinguim segue em tratamento. Tão logo esteja 100% saudável, será formado um grupo de indivíduos para soltura no mar”, disse ele.

Natação na reabilitação de pinguins

Na reabilitação os pinguins passam por uma etapa importante na piscina. Todos os dias, após a alimentação, os animais em condições saudáveis são direcionados à piscina para condicionamento físico e impermeabilização das penas.

Ainda segundo o veterinário Rodrigo Castro, a natação é fundamental também para a melhora dos casos de infecção cutânea nos pés (pododemartite nos membros pélvicos), além de fortalecer a musculatura, pulmões e fôlego para os mergulhos.

Vídeo:

SAIBA MAIS:

– O Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM/ R3 Animal) fica localizado no Parque Estadual do Rio Vermelho, unidade de conservação sob responsabilidade do Instituto do Meio Ambiente (IMA-SC), em parceria com a Polícia Militar Ambiental.

– O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos. O objetivo do PMP-BS é avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos encontrados mortos.

– O PMP-BS é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. A R3 Animal executa o Trecho 3, na Ilha de Santa Catarina.

Fonte: Litoral Sul

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.