Pintinho que foi abandonado em agência dos correios finalmente está tendo a vida que merece

Pintinho que foi abandonado em agência dos correios finalmente está tendo a vida que merece
Fotos: Farm Sanctuary/Tumblr

Muitas pessoas têm aves no quintal porque acreditam que criar galinhas em casa pelos ovos e pela carne é uma alternativa humanitária para as fazendas industriais. Gostaríamos que isso fosse verdade, mas, infelizmente, aves de quintal sofrem da mesma forma, começando com uma vida que bem provavelmente iniciou em uma incubadora.

A maioria das galinhas de quintal começam suas vidas em incubadoras onde elas são vistas como nada mais do que uma mercadoria. Os pintinhos então são despachados ou diretamente para um comprador ou para uma loja onde serão revendidos para o público. Eles são enviados como pequenos pintinhos de um dia de vida, sem comida ou água e com pouca ou nenhuma proteção contra qualquer fator. Alguns pintinhos não sobrevivem à traumática jornada e foi exatamente isso que aconteceu em 2005 quando uma caixa contendo 50 pintinhos brancos e 50 pintinhos negros foi enviada pelo correio desde uma incubadora.

A pessoa que deveria ter ido buscar a caixa com pintinhos na agência dos correios nunca apareceu. E conforme eles esperavam, muitos acabaram morrendo.

Um funcionário generoso dos correios interveio para ajudar os bebês. Somente 55 pintinhos ainda estavam vivos. Desses 55, 27 eram machos; uma prática comum é incluir pintinhos machos como material de embalagem.

Uma das sobreviventes, agora chamada adoravelmente de Tofu, está vivendo sua vida muito feliz no Farm Sanctuary.

Tofu agora é uma embaixadora no Farm Sanctuary, conscientizando sobre as incontáveis galinhas assim como ela. Tofu passa seus dias vagando pelo celeiro de perus do Farm Sanctuary com suas amigas, Gertrude, Gobi e Clementine.

Se Tofu tivesse chegado ao seu destino em 2005, é bem improvável que ela tivesse vivido tanto quanto no Farm Sanctuary. Galinhas de quintal ainda são mortas após uma fração de tempo de sua expectativa natural de vida.

Estamos muito felizes em ver Tofu prosperando no Farm Sanctuary e aproveitando a vida que ela merece. Galinhas não somente sentem dor e medo, mas também são incrivelmente inteligentes. Elas podem aprender a resolver quebra-cabeças e a jogar jogos, e são mães incríveis que cuidam de seus bebês e que até já foram vistas “conversando” e “ronronando” para seus ovos. Pintinhos são até conhecidos por mostrar permanência de objetos, que é a habilidade de entender que um objeto existe, mesmo quando não podem vê-lo.

Considerando sua inteligência incrível e suas habilidades emocionais, devemos nos lembrar de que, no fim das contas, uma galinha não é somente um item em um menu, ela é um ser que vive e respira.

Ajude-nos a educar o público sobre os milhares de animais menos afortunados compartilhando esta matéria com seus amigos e família.

Para mais informações sobre o trabalho do Farm Sanctuary em acabar com os maus tratos em fazendas, visite seu website.

Por Michelle Neff  / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.