Pit bull é atingida por 9 tiros de chumbinho em Santa Terezinha, SP

Pit bull é atingida por 9 tiros de chumbinho em Santa Terezinha, SP

Por Adriane Mendes

SP SantaTerezinha pitbull chumbinho

A intolerância de vizinhos com o latido da pit bull Lorrane, de 8 anos de idade, virou caso de polícia, quarta-feira (5), a partir de denúncia feita pela estudante Jéssica Camila de Azevedo, de 23 anos, no bairro Santa Terezinha. Conforme ela, o animal já foi atingido por nove disparos de chumbinho, cuja venda é proibida. A denunciante disse que não tem como apontar o autor da crueldade, mas espera com o registro policial inibir a conduta criminosa. A cachorra passa bem.

Pertencente à auxiliar de saúde bucal Andréia do Nascimento, vizinha de Jéssica (a cachorra fica entre o corredor e o quintal das duas casas), Lorrane despertou a atenção para a agressão que vinha sofrendo, quando as vizinhas perceberam uma ponta metálica em sua cabeça. O material foi extraído com uma pinça, verificando-se então ser um projétil de chumbinho.

Para que o caso fosse investigado pelo 2º Distrito Policial, cuja unidade acumula a Delegacia do Animal, Jéssica levou Lorrane para fazer um raio-x, comprovando que há em seu corpo oito projéteis de chumbinho, sendo um na narina direita, e outros sete na região torácica, sendo cinco do lado direito e dois do lado esquerdo. Seriam nove se o da cabeça não tivesse sido retirado.

Jéssica também contou que certa vez um vizinho foi flagrado dando choque na cachorra por cima do muro.

Fonte: Cruzeiro do Sul

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.