Pit bull está completamente obcecada pela sua nova gatinha

Pit bull está completamente obcecada pela sua nova gatinha

 Por Elizabeth Claire Alberts / Tradução de Alice Wehrle Gomide

SharraPlatt tinha um problema. Ela encontrou uma gatinha de 4 semanas de idade na beira de uma estrada, e ela queria ficar com o animal. Mas Platt não tinha certeza como seu gato, Lucky, ou sua Pomerânia, Kasey, iriam reagir com outro felino na casa.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha2

Platt decidiu tentar. Ela levou a gatinha para casa, e sua pit bull, Roxy Bardot, correu para conhecê-la. E foi aqui que o problema de Platt ficou muito, muito pior. Roxy ficou completamente louca, apaixonada pela gatinha, e a gatinha parecia muito encantada com Roxy também.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha3

Uma coisa ficou clara desde o começo – Roxy não ia deixar ninguém levar seu bebê.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha4

Platt tinha encontrado a gatinha perto de uma rampa de acesso a uma rodovia perto da Avenida Crenshaw, em Los Angeles, nos EUA, somente alguns metros da rodovia. A gatinha – apropriadamente chamada de “Crenshaw” – era tão pequena, que Platt poderia nem tê-lavisto se não fosse por uma mulher e sua filha que estavam do lado da gatinha. “Eu parei o carro e fui até elas”, Platt diz ao The Dodo. “A mulher e sua filha disseram que elas procuraram por alguma mãe gata e outros filhotes e não encontraram nada”.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha5

Platt não podia deixar Crenshaw tão perto da rodovia, então ela a pegou no colo e a levou para casa. Ela inicialmente deixou Crenshaw em uma caixa de transporte em um quarto vago para que seus outros animais não se sentissem ameaçados pela nova chegada.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha6

Roxy, a pit bull resgatada de Platt, tinha uma ideia diferente. Roxy tinha sido uma cachorra de rua, abandonada nas ruas de Los Angeles antes de ser resgatada pelo KarmaRescue. Enquanto ela estava recebendo os cuidados veterinários, Roxy estava tãoassustada, que ela se recusou a andar por cinco dias. Roxy acabou ganhando confiança, e agora está vivendo uma vida completa com Platt e seu marido, mas talvez suas memórias das ruas fossem o que a tornou tão atenciosa com Crenshaw. “Roxy a aceitou desde o começo e estava lambendo-a e dando banho nela desde o primeiro dia”, diz Platt.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha7

Alguém poderia pensar que uma gatinha pesando somente 500 gramas iria se sentir intimidada por uma pit bull de 25 kg lambendo-a, mas Crenshaw parecia estar adorando… pelo menos na maioria das vezes. “Roxy a empurra com seu nariz e a lambe, como uma mãe faria com seus filhotes”, diz Platt. “Crenshaw gosta disso, mas às vezes ela acha um exagero, então ela dá um grito e sai de perto. Mas ela sempre voltando. Crenshaw só quer se aconchegar em Roxy ou subir nela. O banho é parte do acordo”.

Roxy Bardot giving Crenshaw Kitten a bath from Elizabeth Claire Alberts on Vimeo.

 

Para Crenshaw, aconchegos são melhores do que banhos. Roxy deixa Crenshaw subir nela e brincar com sua cauda e suas orelhas. Após algumas rodadas de “ataque”, Crenshaw se aconchega ao pelo de Roxy para uma soneca. “Eu acho que ela se sente confortada estando perto de Roxy”, Platt diz, “e a Roxy é um lugar bem quentinho para ela se sentar em cima”.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha8

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha9

Quando Roxy não está disponível para os aconchegos, Crenshawse deita em sua cama.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha10

Roxy pode ser a companhia favorita de Crenshaw, mas ela também está interessada em seu companheiro felino, Lucky. “No começo Lucky a ignorava completamente”, diz Platt, “mas agora ele a lambe de tempos e tempos e até aguenta quando ela brinca com sua cauda”.

IEUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha11

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha12

Kasey também aceitou Crenshaw, e não parecia se sentir ameaçada pela pequena gatinha. “Kasey só quer brincar com ela”, Platt explica. “Ele quer brincar nos seus termos, mas ele vai ensiná-la”.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha13

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha14

Foi um alívio enorme para Platt e seu marido, Glenn, que os animais se deram bem, especialmente pelo bem de Roxy. “Eu acho que Roxy gosta de ter um filhotinho para que ela possa agir como ‘mãe’”, diz Platt. “Ela está fazendo um ótimo trabalho e ama isso. Ontem Crenshaw tentou pular em algo e estava tendo dificuldades para se levantar, e Roxy correu até ela. Dava para ver que Roxy estava preocupada com o fato de que ela estava tendo dificuldades”.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha15

“Roxy está simplesmente amando Crenshaw, mas honestamente, Roxyfaria isto com qualquer animal jovem que trouxéssemos. Ela simplesmente é uma cachorra amorosa e gentil. Ela já reconhece o nome de Crenshaw, então se a gente fala, ‘Onde está Crenshaw’, ou, ‘Onde está seu bebê’, ela fica toda empolgada”.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha16

Sharra e Glenn são voluntários do KarmaRescue, um grupo sem fins lucrativos que resgata cães e gatos na área de Los Angeles e é especializado em resgate de pit bulls. Se você quiser ajudar o KarmaRescue, você pode doar aqui.

EUA LosAngeles PitBull obcecada por gatinha17

Fonte: The Dodo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.