Pit bulls resgatados não param de se beijar

Pit bulls resgatados não param de se beijar
Daisy na época de seu resgate. (Imagem: It’s The Pits)

Daisy não teve um começo fácil na vida, e isso estava claro em seu medo do mundo.

Ela é um dos 27 cães desnutridos encontrados neste verão, juntamente com 11 cães mortos, em uma casa imunda tão mórbida, que um investigador disse que parecia “como ‘O Silêncio dos Inocentes’”.

Então, quando Daisy chegou à casa de sua mãe temporária, Debbie Munson, em setembro, ela estava compreensivelmente aterrorizada pelas pessoas que ela encontrava. Durante alguns meses, com os cuidados de Munson, Daisy começou lentamente sair de sua concha – mas ela ainda parecia com medo na maior parte do tempo.

Então, Prince chegou.

Prince tinha vindo de uma casa onde ele e dois outros cães estavam sendo negligenciados. Perto do Dia de Ação de Graças, Munson concordou em ser sua mãe temporária também, através da ONG It’s The Pits.

Desde o momento em que ele chegou a sua casa em Murrieta, Califórnia, Prince despertou algo maravilhoso em Daisy. “Ela realmente se desabrochou com ele”, Munson disse ao The Dodo. “Ele simplesmente faz com que ela se sinta à vontade”.

Agora Munson tem esses dois pombinhos em suas mãos, e em seu sofá, e nas camas dos cães, e basicamente em todo lugar se aconchegando, tirando uma soneca, brincando, passeando de carro, tomando banho, compartilhando os brinquedos e se beijando, se beijando muito.

“O tempo todo”, Munson disse. “Eles são adoráveis juntos”.

 Daisy é a cinza linda, Prince é o bege escuro bonitão. (Imagem: Debbie Munson)
Daisy é a cinza linda, Prince é o bege escuro bonitão. (Imagem: Debbie Munson)

O próximo passo agora é que eles se estabeleçam para sempre e consigam ser adotados por um lar cheio de amor – juntos, é claro.

It’s The Pits gostaria de saber sobre adotantes em potencial no sul da Califórnia. A coordenadora dos lares temporários, Shann Lyles, disse que esses dois – como todos os cães do grupo – precisarão de um lar onde eles realmente sejam tratados como membros da família.

Fora isso, suas necessidades são bem simples.

“Eles precisarão de uma cama de cachorro grande para dividirem. Ou, melhor ainda, um sofá com lugar para os dois”, Lyles disse.

Debbie Munson
Debbie Munson

O vídeo que Munson gravou da sessão de beijos de Daisy e Prince – no começo desta história – viralizou. Munson espera que isso ajude esses dois cães carinhosos a ganharem um lar, e talvez também ajude mais pessoas a verem o que ela ama nos pit bulls.

O lado pateta, o lado doce, o lado que faz barulhos altos com a boca enquanto batem seus narizes com seu único e verdadeiro amor.

“Isso é o que eles fazem a maior parte do tempo”, Munson disse. “Eles fazem esse barulho, todo o tempo”.

Debbie Munson
Debbie Munson

Se você vive no sul da Califórnia e quer adotar Daisy e Prince, preencha o formulário de adoção do It’s The Pits aqui.

Por Arin Greenwood / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: The Dodo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.