Aves em caixas que caracteriza maus-tratos (Foto: Divulgação Polícia Militar Ambiental)

PM Ambiental flagra rinha de galo, resgata animais e detém suspeitos em Araçatuba, SP

Na manhã deste domingo (18), durante patrulhamento rural ambiental, uma equipe do 2BPAmb da 1ª Cia, se deslocou até o Sítio Paraíso, lote 160, no Assentamento Chico Mendes, em Araçatuba, a fim de verificar denúncia da prática de maus-tratos e rinha de aves (galos).

Com o apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar, equipes náuticas embarcadas e terrestres surpreenderam aproximadamente 52 indivíduos na prática de maus-tratos e rinha, com todos os petrechos típicos como rebolo, relógio, biqueiras, esporas artificiais, bloco de anotações de lances e capas. Além da situação de briga, outros animais foram encontrados em caixas e gaiolas, o que caracteriza crime de maus-tratos a animais, segundo a polícia.

No momento da abordagem vários indivíduos empreenderam fuga em meio a pastagem e mata, sendo todos capturados e identificados.

Os policiais apreenderam aproximadamente 100 galos índios, todos em situação de maus-tratos. As aves serão encaminhadas ao Centro de Zoonoses de Araçatuba.

Os suspeitos, além de responder criminalmente, serão autuados pela Polícia Ambiental por maus-tratos e como expectadores de rinha e a multa pode chegar a R$ 3 mil por animal resgatado, sendo que, em caso de morte, o valor dobra.

A perícia técnica foi solicitada a comparecer no local.

O AtaNews acompanha o caso e novas informações podem ser atualizadas a qualquer momento.

Fonte: AtaNews

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.