PM Ambiental prende suspeito de caçar animais silvestres em Macatuba, SP

PM Ambiental prende suspeito de caçar animais silvestres em Macatuba, SP
Polícia Ambiental apreendeu armas e munições com suspeito de caçar animais silvestres.

A Polícia Militar Ambiental prendeu em flagrante um homem por caça de animais silvestres na margem do rio Tietê, em Macatuba 46 quilômetros de Bauru), na tarde deste domingo (13). Ele também foi multado em R$ 11 mil por armazenar carne de capivara e de tatu.

De acordo com a corporação, uma equipe que estava em patrulhamento pelo rio recebeu uma denúncia de que um homem estaria caçando animais silvestres perto da margem, em um Volkswagen Gol.

O suspeito foi abordado na rodovia Osni Mateus (SP-261) e, com ele, foi encontrado uma carabina calibre 22 com silenciador e mira telescópica acoplados, munições, um jirau, três facas e roupas camufladas. Segundo a polícia, o homem ainda teria confessado que estava caçando e que tinha mais armas e carne de animal silvestre em sua residência, localizada em um sítio próximo.

As equipes foram até o local e encontraram mais duas carabinas de calibres 22 e 38 com silenciador e mira telescópica acoplados, uma carabina de pressão alterada para o calibre 22 com silenciador e mira, 123 munições de calibre 22 e 52 munições de calibre 38. No freezer, havia carne de tatu e 20 quilos de carne de capivara, que também foram apreendidos.

O homem foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia de Pederneiras, onde permaneceu à disposição da Justiça. Ele ainda foi multado em R$ 11 mil por ter em depósito carne de animal silvestre.

Suspeito guardava no freezer 20 quilos de carne de capivara. Crédito: Polícia Ambiental

 

Carabinas de calibres 22 e 38 com silenciador e mira telescópica acoplados foram apreendidas além de facas e munições. Crédito: Polícia Ambiental

Por Larissa Bastos 

Fonte: JCNET

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.