PM de Lagoa Formosa (MG) atende ocorrência de homem tentando fazer sexo com cachorra

A Polícia Militar de Lagoa Formosa atendendo a solicitação compareceu no bairro Bela Vista, onde segundo a versão do denunciante anônimo, o suspeito estaria praticando zoofilia (é uma parafilia definida pela atração ou envolvimento sexual de humanos com animais), com uma cadela em sua residência.

No suposto crime que ocorreu no bairro Belo Vista,  foi relatado que os vizinhos escutaram  os gemidos de uma cachorra vindos da direção da casa. A polícia Militar abordou o suposto autor, que questionado sobre a denúncia negou ter praticado qualquer ato de maus tratos contra o animal.

Ao verificar a cadela vira lata de pequeno porte, supostamente maltratada pelo suspeito, os militares constataram que a genitália apresentava-se visivelmente inchada e com forte vermelhidão. Diante do fato constatado, os militares solicitaram no local uma equipe do centro de controle de zoonose que recolheu o animal ao Canil Municipal.

Como não havia provas testemunhais e científicas dos maus tratos contra o animal, o suposto autor foi advertido e orientado e depois liberado.

Aislan Henrique (com informações da Lagoa Formosa Acontece)

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.