PM localiza 'arena' para rinha de galos, prende homem e apreende mais de 130 aves em Valparaiso de Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

PM localiza ‘arena’ para rinha de galos, prende homem e apreende mais de 130 aves em Valparaíso de Goiás, GO

A Polícia Militar localizou uma propriedade rural onde eram realizadas rinhas de galo, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do DF. No local, havia uma “arena” onde ocorriam as brigas. Os policiais prenderam o dono do imóvel, recapturaram dois foragidos da Justiça e recolheram 130 aves, muitas machucadas e vítimas de maus-tratos. Além disso, várias outras já estavam mortas.

VÍDEO: PM localiza ‘arena’ para rinha de galos, prende homem e apreende mais de 130 aves

A chácara foi encontrada por uma equipe das Rondas Ostensivas Tática Metropolitana (Rotam) no domingo (30) após uma denúncia. Mais de 200 pessoas, entre brasileiros de vários locais do país e até bolivianos, participavam das rinhas, que tinham apostas de até R$ 5 mil.

Uma situação chamou a atenção dos policiais. Para tentar fugir do flagrante, um dos presentes se espremeu dentro de uma das gaiolas onde os galos ficavam (veja vídeo acima). Para acessar o local, os agentes usaram um alicate para abrir a porta.

A estrutura encontrada na propriedade para a realização das lutas entre os animais impressionou os policiais.

“Dá para perceber que é algo bastante organizado, que é tudo muito estruturado. Então isso já vem acontecendo há muito tempo. Muitos dos animais foram encontrados em baias. A situação que eles se encontravam já configura maus-tratos. Presos, amarrados, vários animais mortos e ensanguentados”, afirmou o tenente Luís Fernando.

Brigas até a morte

Segundo a PM apurou, as rinhas ocorriam a cada 15 dias e duravam até 72h. Os galos usavam ferramentas para treinamento, mas depois, durante as lutas, ficavam sem nenhuma proteção. Em alguns casos, até a morte.

No total, os policiais apreenderam mais de 80 galos e 30 canários silvestres. Eles ficaram em gaiolas à espera das lutas.

De acordo com a polícia, todos os apostadores passaram por consulta no banco de dados da corporação. Dois eram foragidos da Justiça e foram recapturados. Além disso, o dono da chácara portava uma arma – também apreendida – e foi detido em flagrante. Os outros foram liberados.

A operação durou cerca de 10 horas e contou com 45 policiais.

A Secretaria de Meio Ambiente de Valparaíso de Goiás informou à TV Anhanguera que abrigou os animais na sede do órgão. Técnicos constataram que muitos deles estavam desnutridos e desidratados. Posteriormente, eles serão levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Brasília.

PM localiza 'arena' para rinha de galos, prende homem e apreende mais de 130 aves em Valparaiso de Goiás — Foto: Divulgação/PM
PM localiza ‘arena’ para rinha de galos, prende homem e apreende mais de 130 aves em Valparaiso de Goiás — Foto: Divulgação/PM

Por Sílvio Túlio, G1 GO

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.