PM mata cachorro durante abordagem, em Volta Redonda, RJ; moradores dizem que latido irritou

PM mata cachorro durante abordagem, em Volta Redonda, RJ; moradores dizem que latido irritou

Um policial militar matou um cachorro durante uma ação contra o tráfico de drogas na noite de terça-feira (23) em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro. Dois agentes foram até a Rua Cecília Meireles, no bairro Jardim Belmonte, conhecida, segundo a Polícia Militar, como ponto de venda de drogas.

Vídeo: Cachorro é morto a tiros por PM em Volta Redonda.

Ainda segundo a PM, um jovem, de 23 anos, conhecido por passagens criminais e envolvimento em assaltos e homicídios, foi abordado próximo a residência do animal. Ele tentou fugir entrando na casa, alegando ser morador. Durante a perseguição, os três cães teriam atacado a polícia. Um deles tentou morder um policial, que atirou contra o animal em legítima defesa.

Apesar da suspeita, nada foi encontrado no imóvel. O homem foi levado para a Delegacia de Volta Redonda, onde foi autuado por resistência e desacato.

Moradores alegam versão diferente

A versão de moradores é diferente das informações da Polícia Militar. Segundo eles, os agentes faziam uma abordagem de suspeitos na rua, quando começaram a ouvir o latido de cachorros dentro da casa e se irritaram com o latido. Com isso, eles teriam invadido a residência e matado o animal.

A Sociedade Protetora dos Animais informou que vai encaminhar um ofício ao comando do 28º Batalhão, pedindo explicações sobre os fatos que teriam levado a morte do cachorro. A sociedade informou ainda que está recebendo muitas mensagens de pessoas revoltadas com o ocorrido.

Confira abaixo a nota enviada pela Polícia Militar.

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, na noite de terça-feira (23/04), policiais militares do 28ºBPM (Volta Redonda) estavam em patrulhamento pelo bairro Jardim Belmonte, no município de Volta Redonda, quando se depararam com um homem em atitude suspeita. Ao perceber a aproximação policial, o suspeito tentou entrar em uma residência e, como os portões ficaram entreabertos, três cachorros vieram na direção dos policiais. Um dos animais tentou morder um policial e foi necessário fazer um disparo como meio de se proteger. Após resistir à abordagem, o homem foi detido e conduzido para a 93ª DP.

Fonte: G1
 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.