PM multa em R$ 2 mil criador de animais no Tóffoli, em Marília, SP

PM multa em R$ 2 mil criador de animais no Tóffoli, em Marília, SP
O jabuti ficava no corredor; todos os animais estavam sendo bem tratados (Foto: Divulgação/PM Ambiental)

Um morador no bairro Tóffoli, zona sul de Marília, levou uma multa de R$ 2 mil por criar animais da fauna brasileira sem a devida autorização. A Polícia Ambiental recebeu uma denúncia anônima e foi até o local averiguar o crime ambiental nesta quinta-feira (10).

No quintal da residência do criador, os policiais flagraram uma ave da espécie piriquito-de-encontro-amarelo (Brotogeris chiriri), pertencente a fauna silvestre nativa, acondicionada em um viveiro, sem anilha de identificação. Na lavanderia havia outros dois pássaros, papagaios-verdadeiros (Amazona aestiva), mantidos em gaiolas individuais, ambos sem anilhas de identificação.

Já no corredor do mesmo imóvel foi localizado um jabuti-piranga (Chelonoides carbonária), mantido em um cativeiro improvisado. Todos os animais em referência dispunham de alimentação, água e local para proteção contra os intempéries, não havendo nenhum indícios de maus tratos.

No entanto, por abrigar animais da fauna nativa sem a devida orientação, foi elaborado o auto de infração ambiental.

Os animais foram apreendidos administrativamente e depositados no Bosque Municipal de Marília, onde serão submetidos a análise veterinária mais apurada, permanecendo sob os cuidados da médica veterinária responsável pelo setor público. Foram também apreendidas duas gaiolas de ferro e arame, as quais foram destruídas e encaminhadas ao aterro sanitário do município.

PM Ambiental apreendeu também aves (Foto: Divulgação/PM Ambiental)
PM Ambiental apreendeu também aves (Foto: Divulgação/PM Ambiental)

Por Marcelo Moriyama

Fonte: Marília Notícia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.