PMA prende estudante de 26 anos por maus-tratos ao atirar em um gato em Aparecida do Taboado, MS

PMA prende estudante de 26 anos por maus-tratos ao atirar em um gato em Aparecida do Taboado, MS

MS AparecidaDoTaboado atirar gato

Uma equipe de Policiais Militares de Aparecida do Taboado recebeu denúncias na segunda (26), de que um homem estaria atirando em um gato. A PMA foi ao bairro Cidade Nova, onde teria ocorrido a denúncia e localizou o animal ferido e com dificuldade de locomoção e o recolheu. Ao chegar à residência do suspeito, os policiais o encontraram e ele assumiu o crime. Em seguida entregou a arma, uma espingarda de pressão.

Os policiais apreenderam a espingarda e conduziram o infrator, bem como o animal ferido, à Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde ele foi autuado por crime ambiental de maus-tratos a animais, que prevê pena de três meses a um ano de detenção.

O autuado também recebeu multa administrativa de R$ 1,5 mil. Ele terá o direito de defesa, junto ao Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), que é órgão que julgará a infração administrativa. O gato foi encaminhado a um médico veterinário, que se voluntariou a cuidar do bicho.

Fonte: Jornal da Nova

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.