Polêmica sobre morte de capivaras continua e cita nome do diretor do CCZ de Três Lagoas, MS

Polêmica sobre morte de capivaras continua e cita nome do diretor do CCZ de Três Lagoas, MS

A Rádio Caçula como forma de obter respostas sobre a polêmica procurou obter informações na manhã desta terça-feira (22) com o diretor do CCZ.

MS treslagoas c5ef816b172850

A polêmica continua sobre a publicação do repórter Adilson Silva que publicou às 10h02min do dia 17 de julho deste ano em sua página pessoal no Facebook frases, que segundo ele, foram ditas pelo veterinário e atual diretor do Centro Municipal de Controle de Zoonoses de Três Lagoas, Antônio Luiz Teixeira Empke Júnior.

Conforme as fotos publicadas na íntegra neste site, o questionamento do repórter havia sido feito sobre a morte de capivaras que foram encontradas na Lagoa Maior do município, onde se encontra o principal cartão postal da cidade e habitat dos animais.

Ao invés da resposta do questionamento feito pelo profissional ser direcionado ao problema, o servidor municipal teria publicado palavras que foram ditas de outra forma, ironizando a situação que preocupa até mesmo o Promotor do Meio Ambiente de Três Lagoas.

MS treslagoas a965fcfbb8f8e28ffc96f171

A Rádio Caçula como forma de obter respostas sobre a polêmica procurou obter informações na manhã desta terça-feira (22) com o diretor do CCZ que disse por telefone: “Fiz apenas uma brincadeira com o Adilson Silva e ele levou para outro lado. Foi tudo uma brincadeira que ele interpretou totalmente de forma errada e está agindo de mal gosto”.

Quanto ao problema da morte do animal, o veterinário disse que a situação é grave e acredita que os animais possam ter sido abatidos. “Este problema já está sendo investigado pelo promotor para tomar as devidas providências”, finalizou Antônio Luiz.

Fonte: Rádio Caçula

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.